#40 Restaurantes | Saikô Estoril


Quando a Rita nos contactou para nos convidar para visitar o Saikô, há uns bons meses, aceitámos de imediato. Somos fãs incondicionais de Sushi e já tínhamos ouvido falar deste espaço no Estoril, mas a verdade é que o tempo foi passando e só no inicio de Agosto, já de férias, conseguimos finalmente combinar uma visita. Fomos num dia de semana à hora de almoço, só os dois, e a experiência foi...  o que vos vou contar!


Chegámos ao Estoril, junto ao Casino, já a hora de almoço ia avançada. Os vários restaurantes da zona estavam todos bastante compostos e o Saikô não era excepção. A esplanada tinha várias mesas ocupadas com pessoas sozinhas que se percebia que estavam a fazer uma pausa rápida do trabalho e no interior havia mesas ocupadas com pessoas que estavam a almoçar com mais tempo, como nós. Havia uma mesa grande com uma avó e os seus [muitos] netos, um casal estrangeiro nitidamente de férias, uma senhora sozinha a quem mais tarde se juntou uma amiga. Chegámos, e instalámo-nos juntos da janela.

Fomos recebidos com toda a simpatia, foram-nos apresentadas as especialidades e perguntaram-nos o que queríamos experimentar. Por norma, quando vamos a um restaurante a convite, gostamos sempre de deixar que nos guiem nas escolhas. Isto é, a nossa opção passa sempre por não escolher nada  e deixar que nos tragam aquilo que consideram ser o que melhor os representa, os pratos que são a identidade da casa, os que mais os orgulham, que marcam a diferença, os preferidos de quem os pensa e os confecciona todos os dias. Até hoje nunca correu mal, antes pelo contrário, e por isso devo avisar que o que vão ler de seguida vos vai deixar com água na boca! Ora vamos lá!


Começámos logo com o couvert que podem ver na imagem acima, que só pela apresentação ganhou pontos: uma folha de endívia com salmão, sweet chili, wakame, pepino marinado com sésamo.

Passámos em seguida aos pratos, e não vou ser demasiado exaustiva e explicar em pormenor em que consiste cada um. Deixo-vos as imagens [que falam por si], o nome e uma breve indicação sobre cada prato, e depois falo um bocadinho sobre os que mais me surpreenderam. Para saberem mais vão ter que lá ir experimentar, e acreditem que vale a visita!

Picadinho Moriawase, marinada de três peixes

Ebi Especial Saikô, camarão panado envolto em salmão braseado

Hakusai, rolinho de salmão enrolado em couve Portuguesa

Bô Especial de Salmão, Uramaki de salmão com queijo creme e cebolinho

Gunkan Egg, Gunkan de salmão com ovo de codorniz

Especial Saikô, Maki de salmão

O que vos posso dizer sobre tudo isto... eleger um prato favorito não é fácil, mas posso dizer que os mais surpreendentes, por marcarem a diferença face ao tradicional sushi de fusão, para mim foram o Gunkan Egg e o Hakusai. O primeiro por introduzir o ovo de codorniz num gunkan, que é a peça de sushi que mais adoro e que acho que combina lindamente com o ovo, o segundo pela ideia fabulosa de substituir a tradicional alga pela couve portuguesa e criar um rolo com um elemento tão nosso, transformando-o numa peça de fusão perfeita entre a cozinha Japonesa e a Portuguesa. Adorei!

Parabéns ao Chef Péricles Lacerda pela grande capacidade de conseguir inovar o shushi de fusão e surpreender com combinações improváveis que conseguem surpreender o paladar.

Acompanhámos a refeição com um branco fresco [Vicentino, Vinhas da Costa Atlântica, 2016], e terminámos com um Mix sobremesas em que confesso que tive alguma dificuldade para provar todas as variedades! Elegi o gelado de sésamo negro e o gelado de matcha como favoritos, talvez por serem sabores mais exóticos e que combinaram tão bem com a refeição.


Para além de ser um espaço muito luminoso e bem decorado, o Saikô é um restaurante onde se  come muito bem e é sem dúvida um japonês a repetir. O atendimento é cordial sem ser demasiado formal, a ementa tem imensas opções e a cozinha não decepciona. Dos japoneses que valem a visita! Obrigada por tão bem nos receberem, e até breve!

Saikō Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Sem comentários: