#56 As minhas receitas | Tarte de Maçã Gratinada [by Chef Pedro Nini]


Já vos falei várias vezes dos maravilhosos Workshops que a marca de vinhos Cabeça de Toiro costuma promover na Academia Vaqueiro. Já participámos em vários e cada vez nos divertimos mais e comemos melhor! Há umas semanas atrás, como modo de abrir as hostilidades para a celebração da Páscoa, realizou-se mais um! A mim calhou-me mais uma vez confeccionar uma sobremesa, uma tarde de maçã, e partilho a receita convosco porque apesar de ser do Chef Pedro Nini, foi a minha equipa que a confeccionou! E estava uma delícia certo Vanessa e Paula?


Não sei se é porque começamos a beber pouco depois de chegarmos à academia [depois de verem a fotografia acima de certeza que nem acreditam que bebemos assim tanto!], se é porque já nos conhecemos todos bem e estamos mais à vontade, mas nestes workshops todos cozinhamos bem! Mesmo quem não gosta de cozinhar! O tema deste eram receitas para impressionar e a ementa da noite foi a seguinte:

Espetos de atum braseado com cereais e dip de beringela assada
Travesseiros de filo com carne, tomate seco e amendoim
Bacalhau gratinado com legumes, azeitonas e migas de couve e feijão Costeletas na frigideira com cogumelos
Tarte de maçã gratinada
Bolo de chocolate recheado com mousse de chocolate

[Isto fora as entradas! Havia ainda uma mesa de queijos, compotas, tostas, patês etc... e comemos de tudo! E bebemos muito! E o jantar acabou perto das 2h da manhã, claro!]

Lembrei-me agora que ainda fiz outra coisa depois da tarte estar no forno que não consta das nossas receitas! Um tapenade de azeitona maravilhosa! Tenho que pedir essa receita ao Chef. 


Mas vamos lá voltar à tarte!



Tarte de maçã gratinada


Ingredientes

150 g de farinha s/ fermento + q.b. (p/ enfarinhar)
75 g de açúcar
75 g de Vaqueiro (à temp. ambiente)


Preparação:

1. Ligue o forno e regule-o para os 160° C.
2. Comece pela massa: num robô de cozinha, junte a farinha, o açúcar e a Vaqueiro (em pedaços) e triture, até misturar bem numa massa ligada (se necessário, adicione um pouco de água - no nosso caso foi necessário e adicionámos a olho até obtermos a consistência desejada). Retire a massa, molde em bola e deixe repousar por 20 mins, em recipiente tapado.
3. Posteriormente, estenda a massa com rolo, sobre a bancada enfarinhada, e com ela forre uma forma de tarte, ajustando bem ao fundo e nos bordos. Pode inclusive decorar as margens da massa a toda a volta.
4. Para o recheio: comece por descascar as maçãs, corte-as em gomos bem finos, e disponha-a em camadas circulares sobre o fundo da base de tarte. Vá polvilhando as fatias de maçã com açúcar e canela. (usem e abusem do açucar e canela nesta fase!)
5. Numa tigela, deite as gemas e os ovos inteiros, e misture bem com varas, até bem desfeitos. Adicione as natas e o vinho do Porto e incorpore bem. Deite a mistura sobre a maçã laminada e agite para assentar.
6. Leve a tarte a cozer ao forno, durante 35 a 40 mins, até que esteja bem firme e dourada. Findo o tempo, retire do forno, deixe arrefecer até que desenforme. Polvilhe por cima com um pouco de canela.
7. Sirva a tarte à fatia, de preferência acompanhada de uma bola de gelado cremoso e topping a gosto.

Gosto muito de tarde de maçã mas confesso que nunca tinha feito nenhuma e nunca pensei que esta fosse tão boa! Surpreendeu-me a mim e devia estar mesmo boa porque estavam lá bloggers de culinária famosos que se fartaram de a elogiar! Esta vou repetir em casa! 

Sem comentários: