Hora do Planeta



Não é a primeira vez que vos falo da Hora do Planeta. Por "deformação" profissional, e apesar de saber que estas acções acabam por ser mais simbólicas do que efectivamente por se traduzirem em mudança de atitude, acredito que um conjunto de acções simbólicas faz muito. Mesmo que não se pense que não, o conceito fica-nos em segundo plano e acaba por se tornar num factor influenciador da nossa atitude diária. E a verdade, é que a adesão tem crescido exponencialmente e isso sim faz a diferença!

A Hora do Planeta é uma iniciativa global ambiental em parceria com a WWF que nos desafia, enquanto indivíduos, empresas, governos e comunidades a desligarmos as nossas luzes durante uma hora para mostrarmos o nosso apoio à acção ambientalmente sustentável. Este ano, a acção terá lugar no sábado, dia 25 de Março de 2017 às 20:30. 

Como uma das primeiras campanhas acerca das alterações climáticas, a Hora do Planeta tem crescido a partir de um evento simbólico numa única cidade para o maior movimento do mundo em defesa do ambiente. A Hora do Planeta em 2016 chegou mais de 170 países e territórios, a mais de 8000 cidades e vilas. Em 2017, a Hora do Planeta pretende aproveitar o poder dos seus milhões de adeptos em todo o mundo para mudar o rumo das alterações climáticas 

A Hora do Planeta, reúne no próximo dia 25 de Março pelas 20h00 no Parque Eduardo VII em Lisboa vozes bem conhecidas dos portugueses para um concerto único e solidário à luz das velas. Raquel Tavares, Matias Damásio, Tiago Bettencourt, André Sardet, Tito Paris, Samuel Úria, Enoque e Janeiro celebram em concerto a Hora do Planeta em Portugal, ajudando a alertar e sensibilizar indivíduos, empresas, governos e comunidades a assumirem compromissos e hábitos mais sustentáveis. 

Os bilhetes encontram-se à venda nas bilheteiras das lojas FNAC e na BOL com um custo de 10€ e entrada gratuita para crianças até aos 12 anos, desde que acompanhadas por adulto pagante. Os lucros deste concerto revertem para a WWF, uma das mais respeitadas ONG ambientais que tenta travar a degradação do ambiente natural do planeta. 

A Hora do Planeta é hoje a maior campanha ambiental do mundo, mobilizando milhares de milhões de pessoas em mais de 8.000 cidades e vilas em 178 países e territórios incluindo Portugal. No último ano, em Portugal foram mais de 110 municípios que participaram nesta iniciativa, com particular destaque para os inúmeros monumentos a desligar as luzes, entre eles encontram-se por exemplo a Ponte 25 de Abril, a Torre de Belém, o Mosteiro dos Jerónimos, o Palácio Nacional da Pena, o Palácio Nacional de Sintra, o Palácio de Monserrate, o Castelo dos Mouros, o Castelo de S. Jorge, o Museu da Eletricidade, as Muralhas de Miranda do Douro, o Castelo de Porto de Mós, o Monumento dos ex-Combatentes do Ultramar de Santa Comba Dão, o Castelo e a Igreja dos Agostinhos em Vila Viçosa, as Muralhas de Serpa, a Ponte de São Roque e a Torre de Menagem em Chaves, a Igreja Matriz do Alvito, e o Mosteiro de S. Dinis em Odivelas, entre muitos outros.

Nós vamos assistir ao concerto! Vêem connosco?

Sem comentários: