Quando for grande quero ser...


Moramos numa vila pequenina e bastante envelhecida. No cruzamento principal, há uma zona com bancos onde é comum haver concentração de pessoas de idade, reformados, que por ali se encontram para dois dedos de conversa. Hoje, ao passarmos pelo local, diz o Daniel:

"D  - Mamã, puqué que aqui só há sinhores velhotes?
Eu - Porque são senhores que são reformados, já não têm nada para fazer e vêem para aqui conversar e jogar jogos uns com os outros
D - Hummm....
Eu - É melhor do que estar em casa sem fazer nada não achas?
D - Sim! E puqué q'eu não poxo fajê ixo?"

Sem comentários: