A festa dos 38! [Ou como encher o céu de Palmela de OVNI's]


Fiz 38 anos no dia 29 de Dezembro, e ao contrário do que é habitual, este ano organizei uma festa! Já tinha falado aqui do motivo que me levou a festejar o meu aniversário, e a verdade é que agora olhando para trás sinto que valeu mesmo a pena! Se farei o mesmo nos 39? Não sei! Se calhar guardo a próxima festa para os 40!


Pensei no assunto com alguma antecedência, porque para me fazer sentido, tinha que o fazer num local que tivesse algum significado para mim. A escolha foi fácil, mas para poder fazê-lo como tinha idealizado, precisava de ter um número mínimo de pessoas que confirmassem a presença, pelo que só decidi avançar quando tive a certeza que conseguia reunir no mínimo 20 pessoas. A verdade é que não convidei todos os que poderia ter convidado, limitando-me a ter presentes para além da família próxima, os amigos mais próximos, com quem partilho alguns episódios da minha vida e que de uma maneira ou de outra sei que "estão lá". Sei que sou uma sortuda, porque tenho muitos amigos, e porque os amigos têm mulheres, maridos e filhos, e por isso enchemos a casa e rebentámos com a capacidade do Bobo da Corte em Palmela.


Quem me conhece e me segue sabe que para mim este é não é um restaurante qualquer. Tornou-se um local onde me dá prazer estar, nem que seja apenas para um copo de vinho depois do trabalho. Um local onde me sinto em casa, onde sou sempre bem atendida, onde tenho sempre uma palavra amiga à minha espera. Um local onde sei que sou sempre bem servida. E foi por isso a escolha óbvia para este jantar de aniversário. Reservei o restaurante em inicio de Novembro, prometi-lhes casa cheia e foi isso mesmo que aconteceu!


Escolhi um menu de petiscos, constituído por diversos pratos da carta, que não decepcionou ninguém. Aliás, foi com este menu, que pela primeira vez na vida vi sobrar comida na mesa de um jantar de turma da faculdade [e o pessoal da faculdade come todo muito bem!]. E como boa comida pede bom vinho, tive o apoio de uma marca de vinhos que adoro, que consumimos muito cá em casa e da qual já vos falei várias vezes: Cabeça de Toiro. Escolhi o tinto reserva, porque considerei ser o que melhor harmonizava com o tipo de pratos servidos e foi sem dúvida um casamento perfeito. A maioria dos convidados não conhecia a marca e ninguém se poupou a elogios tendo o Cabeça de Toiro feito um enorme sucesso. 



O ambiente foi muito descontraído, com música ambiente, muita animação, boa comida e boa bebida! Depois do jantar, houve ainda um bolo, cortesia da maravilhosa Arcádia Casa do Chocolate - o Bolo de Mousse de Chocolate de que já vos tinha falado aqui. Com uma decoração simples que não lhe tirou o requinte que a sua versão clássica oferece, mas assinalando o momento. Perfeito para terminar em beleza um tão agradável jantar, e para assinalar o motivo que nos juntou ali todos, numa fria noite de Inverno. [Desapareceu tão depressa que só tenho esta fotografia!]


Depois do jantar, desafiei todos os presentes para que vestissem os casacos, e me acompanhassem ao exterior. Houve algumas reclamações, porque realmente o frio era muito e sair do quentinho não era de todo apelativo, mas mesmo assim toda a gente saiu. Simbolicamente, e em substituição dos tradicionais parabéns, nesta noite iluminámos os céus de Palmela. Cada casal lançou uma lanterna de ar quente. A tarefa não foi fácil, pois o vento dificultou o acender das lanternas para que se encham de ar quente e possam ser lançadas, mas o efeito que se conseguiu foi lindíssimo! Pessoalmente não imaginava que voassem tão alto e durante tanto tempo. A opinião foi unânime! Valeu a pena sair à rua com tanto frio! Obrigada à Lanternas do Céu por nos ter proporcionado este momento de partilha tão original e bonito.









E assim, entre família a amigos, passei umas horas muito felizes divertidas, saborosas. Foi um jantar de aniversário muito bom! Ainda bem que me decidi a organizá-lo.

Mais uma vez deixo o meu agradecimento a quem me apoiou, a Taverna Bobo da Corte em Palmela, a Enoport com os seus vinhos Cabeça de Toiro, a Arcádia Casa do Chocolate com o maravilhoso bolo e a Lanternas do Céu com o envio das lanternas que iluminaram a nossa noite. Obrigada!

Deixo um pequeno vídeo que mostra o ambiente que se viveu naquela noite, e o quanto nos divertimos! Se ainda não subscreveram o canal de Youtube aproveitem para o fazer! Basta clicar aqui, e debaixo da imagem do lado direito clicar em Subscrever. Até já!


2 comentários:

HappyMom disse...

Muitos parabéns!

Xica Maria disse...

Adoro a ideia doa balões! Uma vez a noite vi ao pé da praia centenas deles, foi maravilhoso!