Um presente de Natal diferente



Há uns anos atrás, tive uma colega de trabalho que passou por uma situação difícil. Ter um filho diagnosticado com Leucemia, deve ser devastador. Era preciso encontrar um dador compatível, e  no trabalho, fomos em massa ao IPO para nos tornarmos dadores de sangue e medula, na esperança de que algum de nós pudesse ser compatível. 


Correu bem, ele ganhou a batalha, e tudo foi ultrapassado, mas a partir desse dia, tudo mudou para mim. Passei a ir regularmente ao IPO fazer doação de sangue, hábito que mantenho, e em cada visita que faço fico sempre com uma sensação de que tenho que o continuar a fazer. Porque há quem precise, porque hoje é alguém que não conhecemos, mas amanhã pode ser um vizinho, um colega, um amigo, um filho... amanhã pode ser qualquer um.

Doar sangue não dói. É semelhante a tirar sangue para fazer análises, embora numa quantidade superior. Dão-vos comida antes e depois, para que seja garantido que não se vão sentir mal nem ficar em fraqueza. Estão todo o tempo deitados numa marquesa, e depois da picada inicial, não sentem mais nada! Gostava de um dia, chegar ao IPO, e ouvir que finalmente têm os bancos de sangue bem abastecidos, mas até agora, tudo o que oiço sempre que lá vou é que precisam de mais doadores.

Há 1001 desculpas para não dar sangue, sendo estas as 10 desculpas mais frequentes: 

Tenho medo de agulhas. 
Os outros dão o bastante. 
O meu tipo de sangue não faz falta. 
Tenho medo de apanhar uma doença. 
Não quereriam o meu sangue por causa das doenças que já tive. 
Não tenho sangue suficiente para dar. 
O meu sangue não é suficientemente rico. 
Tenho receio de desmaiar. 
Tiram-me muito sangue e fico fraco. 
Ando muito ocupado.

Sabiam que a vossa doação pode salvar até 3 vidas! Um em cada dez doentes hospitalizados precisa de sangue. Ainda não foi descoberto nenhum substituto viável para o sangue. Os Bancos de Sangue frequentemente têm défice de sangue tipo 0. Em Portugal este tipo corresponde a 42% da população. Os glóbulos vermelhos podem ser armazenados durante 42 dias.


Este é um presente de Natal que não custa nada, e que pode ser tão importante como haver ou não Natal para outra pessoa. Juntem a família, um grupo de amigos, colegas de trabalho, tirem uma manhã ou uma tarde e vão em grupo doar sangue! 

No IPO, o serviço de dados de sangue localiza-se no 2.º andar Pavilhão Central. Existem lugares de estacionamento reservados dentro do recinto, basta pedir acesso ao segurança. Se fizerem a doação de sangue durante a manhã, têm direito, para além do lanche logo após a doação, a senhas de almoço para almoçarem no refeitório médico. O Horário de funcionamento é de 2ª a 6ª feira - das 9h00 às 16h00. Sábado - das 9h00 às 11h00.

É a prenda de Natal mais barata que podem dar, e garantidamente vai ter um impacto muito grande quer em vocês, quer nos outros. Já pensaram nisso?

Sem comentários: