Quando as mães levam ensinamentos dos filhos!


Do alto dos seus 4 anos, o Daniel costuma com regularidade presentear-nos com observações que revelam sapiência e perspicácia. O melhor, é que algumas delas põem em causa a nossa sabedoria, e fazem parecer que é ele que nos está a ensinar! [e está!]

Em casa enquanto eu arrumava coisas na cozinha o Daniel estava na sala. De repente aparece na cozinha e diz-me:

"Mãe puqué'que a Yoga tá a tentá por as patas debaixo do sofá? Ela tava a bincar com auguma coisa que foi parar lá abaixo?"

Respondo:

"Deve ser filho! A mãe não viu..."

Dirijo-me à sala e falo para a Yoga:

"Então Yoga? O que foi? O que é que te aconteceu?"

Num segundo, o Daniel põe um ar preocupado e diz:

"Mãe! A Yoga não vai respondête! É um gato!"

Sem comentários: