#43 As minhas receitas | Caril de Legumes [Elegi a Confort Food do Outono-Inverno 2016]

Este ano pela primeira vez comecei a consumir em casa um ingrediente que nunca tinha consumido. Pelo menos cozinhado por mim. Não me perguntem porquê, porque quando as como até gosto, mas nunca simpatizei com couves e nunca comprei uma couve na vida! Adoro caldo verde, mas aí a couve já vem preparada para o fazer e era mesmo a única excepção à entrada de couves lá em casa. Até que há umas semanas me ofereceram uma. Enorme, carnuda. E decidi usá-la [ou parte dela] num dos pratos que mais tenho feito para os nossos jantares em dias de semana. Se são fãs de couves não deixem de clicar na imagem abaixo onde vão poder aprender truques e dicas sobre elas e os restantes alimentos em destaque. Há por lá receitas de ler e querer mesmo confeccionar!



Esta é uma receita cujos ingredientes são perfeitamente adaptáveis, e que tenho repetido várias vezes com alteração dos ingredientes base, mantendo os temperos. Usem tudo o que vos apetecer, e acreditem, o resultado vai ser sempre bom! Para nós, tornou-se numa confort food, que nos satisfaz mesmo muito e sabe muito bem numa noite fria!

Caril de Legumes

Ingredientes:

1 cebola grande
Caril
Cominhos
Piri-piri em flocos
azeite q.b.
Tomate em conserva
1 frasco de grão
4 cogumelos portobello
2 cenouras cortadas às rodelas
4 folhas de couve cortadas em juliana

Preparação:

Cortar a cebola em cubos e deixar amolecer em azeite em lume brando. Juntar as especiarias [ponho sempre a olho, mas o gosto de cada um aqui é preponderante. Podem usar como referência uma colher de chá de cada uma delas.]. Juntar o tomate [usei o tomate em pedaços da Guloso e coloquei meia embalagem]. Deixar cozinhar uns minutos mexendo sempre, juntar o grão, os cogumelos e as cenouras. Juntar água quente até cobrir os legumes e deixar cozinhar em lume alto, mexendo para não pegar. Assim que o molho reduzir, adicionar a couve cortada em juliana deixando cozinhar em lume brando até amolecer. Rectificar os temperos e servir.


Sem comentários: