Manhãs...

Hoje é das manhãs em que não queira sair do quentinho. Não que tenha dormido pouco, porque até me deitei cedo. Não que tenha dormido mal, porque nem me lembro de me virar na cama, mas porque estava tão bem debaixo do meu edredão. Hoje é das manhãs em que ouvi o despertador e o primeiro pensamento foi virar para o lado e ignorar que ele tinha tocado. Hoje é das manhãs em que me apetece tudo menos falar, ouvir, interagir. Hoje é das manhãs em que não me apetece sair de casa para enfrentar um dia frio e longo. E pelo que vejo à minha volta, não era só eu...


Sem comentários: