#73 Giveaway | Querem experimentar o Copo Menstrual?


Já há um ano que vos falei aqui sobre copos menstruais. Contei-vos a minha experiência de utilização recente, e na altura recebi comentários e emails com dúvidas de muitas de vocês, quer porque não conheciam, quer porque tinham medo de experimentar. 


Passou um  ano, e mais ou menos 12 ciclos depois, venho novamente falar-vos do tema. Odeio esta fase do mês  em que nós mulheres temos que lidar com a menstruação. É chato, é desconfortável, estamos sensíveis e irritáveis e na maior parte das vezes acabamos por descarregar nos que nos estão mais próximos e depois temos consciência disso e ficamos cheias de remorsos. 

Ora com tanto factor negativo, o mínimo que se pode pedir, é que fisicamente se consiga controlar a coisa o melhor possível para que estejamos confortáveis. Já nem sei há quantos anos tinha optado pelo uso exclusivo de tampões, mas embora fosse a solução que me parecia mais adequada, havia sempre algum desconforto associado, e a necessidade de troca regular chateava-me!

O copo menstrual é uma alternativa aos absorventes, que surgiu no mercado há alguns anos, mas que ainda tem um longo caminho par andar até ter um posicionamento de mercado significativo em Portugal. O copo menstrual não é mais do que um pequeno copo feito em latex, silicone ou TPE (Elastómero Termoplástico),  [o mesmo material utilizados nas tetinas dos biberões dos bebés, em cateteres e implantes médicos], que recolhe o sangue menstrual.


O copo menstrual é inserido no canal vaginal, tal como um tampão, e uma vez colocado ajusta-se ao canal vaginal formando um vácuo que impede qualquer vazamento. Para o remover, basta puxar a pega devagar ou apertar a base para quebrar o vácuo, retirando-se  com toda a facilidade. Depois basta esvaziar na sanita, lavar e colocar novamente. O copo menstrual pode ser usado por períodos máximos de 12h, evitando o incómodo de mudar de absorventes várias vezes ao dia, que como já referi era das coisas que mais me chateava com os tampões. Não possui aditivos químicos e como o sangue se mantém em vácuo, não oxida, e não se verifica a proliferação de bactérias e fungos, evitando a síndrome do choque tóxico e outras infecções, directamente associados ao uso dos absorventes tradicionais. É inócuo, higiénico, prático e reutilizável, o que o torna  uma opção ecológica, pois representa uma significativa diminuição de resíduos. 

O uso de copo menstrual representa ainda uma poupança significativa, uma vez que se estima que mensalmente cada mulher gaste em absorventes cerca de 7,50€, pelo que em 4 meses o investimento no copo está "pago" e o seu tempo de vida útil ainda é gigante!

A primeira marca de copo que experimentei foi Me Luna, e hoje trago-vos a oportunidade perfeita para que possam testar a sua utilização e comprovar como é confortável e eficaz optarem por esta alternativa.



Para ganharem o vosso Me Luna só têm que:

1. Seguir a página de facebook do Definitivamente são dois!
2. Seguir a página de facebook da Me Luna Portugal;
3. Partilhar o passatempo no vosso perfil de facebook de forma pública, identificando dois amigos;
4. Seguir o blog com o Google, carregando aqui e seguindo as indicações;
6. Preencher o seguinte formulário, com os vossos dados:




Podem participar até à meia noite do próximo dia 27 de Novembro, todas as vezes que quiserem, desde que em cada participação identifiquem amigos diferentes em nova partilha. O(a) vencedor(a) será escolhido aleatoriamente. Os resultados serão divulgados na semana seguinte ao encerramento do passatempo. 

Ajudem-me a diminuir o tabu que ainda há sobre este tema, e a fazer chegar a todos os cantos a mensagem de que utilizar Copo Menstrual só traz vantagens! E claro, Boa sorte!