Eu esquisitinha me confesso!


Adoro tarte de amêndoa. Mas raramente como e é simples perceber o motivo. Há uns bons anos atrás, a mãe de uma pessoa com quem me dava muito bem fazia tartes de amêndoa para fora. As tartes eram perfeitas, crocantes, com a amêndoa caramelizada no ponto certo, uma coisa assim do outro mundo. Só que, a vida encarregou-se de nos afastar, e nunca mais comi uma tarte de amêndoa que me satisfizesse tanto. Comia tartes das mais diversas proveniências, e até eram boas, mas... faltava sempre qualquer coisa! Até agora!


Já tinha visto quiosques a vender tartes destas mas confesso que nunca tinha parado para experimentar. Depois de tantas decepções com tartes de amêndoa, acabei por me defender e pura e simplesmente deixar de comprar. Só que esta semana recebi uma tarte inteirinha a acompanhar o Press Kit de comunicação da abertura de do Tarte Café. Confesso que o aspecto me pareceu bom mas pensei logo no minuto seguinte que ia de certeza ser mais uma que era muito bonita mas não me enchia as medidas. Levei-a para casa e por lá ficou, até que mais tarde, já depois de jantar, lá resolvi cortar uma fatia e provar. E foi aí, que encontrei novamente... uma tarte de amêndoa a sério!

A TARTE nasceu de um sonho que se materializa numa nova aventura com a abertura do primeiro Tarte Café. Com quase 100 pontos de venda em Portugal e 90 em Espanha, a marca vê agora surgir o seu primeiro espaço no Terminal dos Cruzeiros de Santa Apolónia, que pretende dar as boas vindas a quem chega, e deixar saudades a quem parte. 


Por isso, se são fãs de tarte de amêndoa, quando passarem num dos quiosques ou no café, experimentem! Para mim, está mais do que aprovada!

Sem comentários: