E vocês? Para que são as vossas férias?


As férias são para...

.... acordar devagar, sem horários, sem pressas, sem pressões. Fazer ronha na cama dos pais, por tempo indeterminado, enroscados uns nos outros. Tomar pequenos almoços com coisas que normalmente não estão na mesa de pequeno almoço do dia-a-dia. Ficarmos sentados à mesa, os quatro, a comer e a conversar pelo tempo que nos apetecer. A rir. A sentir o tempo e a vida. 



São para sair, apanhar sol, dar mergulhos o dia todo, comer em modo pic-nic pelos sítios onde vamos andando, esquecer [pelo menos um bocadinho] as regras alimentares rígidas e os horários das refeições. Para andar fato de banho até à hora de dormir e só tomar banho mesmo antes de ir para a cama!


São para chegar a casa com os pé sujos e a precisar de esfregão para ficarem limpos, desenhar com pauzinhos na areia do caminho por pavimentar, para apanhar palhinhas, caracóis, pedras e todo o tipo de tesouros que o campo tem.


Passear a pé pela areia, dar caminhadas de fim de dia, sair à noite com os miúdos pelas imediações, explorar sítios novos, dizer bom dia às pessoas com quem nos cruzamos [esta não é só para as férias!], comer gelados, bolas de Berlim, mousses de chocolate e fazer muitos churrascos.



Tomar banhos na piscina à noite, brincar, ler, jogar jogos. Desenhar uma macaca no chão da rua e saltar! Apanhar conchinhas, fazer esculturas na areia, castelos, piscinas e túneis, até que venha a maré alta e leve tudo com ela.


São para ficar a pé até querer, para dormir até apetecer, para acordar sem despertador, sem pressa, sem ninguém  à nossa espera nem um horário para cumprir. Para ver o pôr-do-sol todos os dias na rua, e aproveitar o dia ao máximo.


São para nos sentirmos livres, soltos, felizes e descontraídos. Para descontrairmos a cabeça mais do que o corpo, para desligar, para mudar de ares.

E nós, esta semana, apesar do volume de trabalho, já nos sentimos em pré-férias. Os miúdos esta semana já não vão à escola pois ficaram de férias com os avós maternos que estão de férias no campo e ofereceram-se para ficar com eles o resto da semana. Por isso estamos em modo mini-férias sem as crianças, só os dois, embora ainda a trabalhar!  É a primeira vez que ficam sem nós tanto tempo, e apesar de morrer de saudades deles e de já ter dito anteriormente que não era capaz de os deixar ir de férias sem mim, a verdade é que desta vez sinto que nos vai fazer bem a nós e a eles! 

Sem comentários: