Cozinhar o que plantamos!


No Município onde resido, existe há algum tempo, um programa de hortas urbanas vocacionado para criar hortas para usufruto dos munícipes. Para ter acesso a uma horta, numa das zonas definidas e infraestruturadas para tal, há que fazer uma inscrição, no período definido para o efeito, e caso sejam cumpridos os requisitos, esperar para saber se a família foi seleccionada. Por cá, e para esta fase, as inscrições foram feitas em Março passado, para atribuição de hortas numa zona perto de nossa casa e soubemos na semana passada que fomos seleccionados! A formação começa já na próximo 6.ª feira e confesso que estou ansiosa por começar a cultivar a horta com o Daniel e a Carolina e a ver os progressos que os nossos legumes e frutas vão ter e o quanto os miúdos vão gostar de acompanhar esta evolução. Adoraram fazer a plantação de melancias na Comporta, e ficam doidos quando recebemos notícias sobre o seu crescimento, pedindo para ver as fotografias vezes sem conta!


Outra das coisas que faz imenso sucesso cá em casa, é cozinhar em família! Eu sempre gostei de cozinhar, tenho recordações desde bem pequenina, com as minhas avós, a "ajudá-las" a cozinhar, e a verdade é que o Daniel e a Carolina herdaram este gosto!

Com um timming perfeito, e que vai certamente dar-nos uma excelente ferramenta para utilizar os produtos da nossa hora na confecção de refeições deliciosas, a editora Vogais, lançou o livro "A Natureza à Mesa para Crianças", uma verdadeira festa de alegria e sabor. Nestas páginas podemos encontrar as mais deliciosas, saudáveis e divertidas receitas vegetarianas para confeccionar com os mais pequenos.



Ilustrado com belíssimas aguarelas por Erin Gleeson, blogger de culinária e autora bestseller do New York Times, este livro transforma ingredientes simples num manjar de sensações. Com a nossa ajuda, os nossos filhos poderão criar pratos deliciosos – snacks, bebidas, saladas, refeições, doces, festas - só com vegetais e frutos da mesma cor, ou com ingredientes diversos, servindo um arco-íris saboroso de alimentos ao almoço, ao lanche ou ao jantar.

Afinal, é importante que as crianças aprendam desde cedo as razões pelas quais os vegetais e a fruta são essenciais para um crescimento saudável. E se à explicação juntarmos alguma acção, o resultado vai ser bem divertido.

"Comer o arco-íris torna as coisas muito mais divertidas, não achas? Já alguma vez fizeste uma salada só com ingredientes vermelhos? Tenta a minha Salada Vermelha (p. 94), que inclui tomates, pimentos, cerejas secas, rabanetes e romã (sem alface). As receitas não precisam de ser complicadas para serem saborosas. Bastam uns quantos ingredientes frescos. Além disso, vou mostrar -te algumas técnicas de apresentação e de corte simples que vão tornar estas receitas ainda mais únicas. O meu objectivo é que te divirtas com este livro, sejas criativo, experimentes novos alimentos e partilhes o que fizeres com os teus amigos e familiares. Bons cozinhados, sempre com a ajuda dos teus pais!" 
Erin Gleeson



Podem consultar os primeiros capítulos para leitura imediata aqui.

Eu fiquei apaixonada pelo que vi, e quero mesmo este livro cá para casa! Vamos ter muitas aventuras na cozinha com as dicas e sugestões que ele nos dá!



Sem comentários: