A minha aliada para as dores de costas [e que ainda por cima reduz visivelmente a barriga!]

EsbeltEurope

Esbelt Brazilian, é a marca de cintas e faixas que está a dar que falar em Portugal. O mais certo é já terem ouvido este nome ou já terem visto fotografias destes conceituados artigos, mas hoje, conto-vos a minha experiência de utilização, na primeira pessoa!


As cintas e faixas Esbelt são feitas a partir de uma tecnologia inovadora que funde cautchú e algodão numa só camada; cautchú (borracha em estado puro) do lado de fora, para a compressão e algodão 100% natural no interior para o conforto e para deixar a pele respirar e evitar alergias. As barbas são em fino aço entrançado que por mais que dobre volta sempre à forma inicial. São muito confortáveis, têm uma pré modelação que ajuda a sublinhar as curvas do corpo, são capazes de fazer uma redução de até 2 números na roupa que vestimos e são elegantes e sexy. 

Mas para mim, as vantagens vão muito além do que refiro acima! As cintas Esbelt corrigem a nossa postura, são indicadas para quem tem problemas de lombar e cervical e para situações de pós parto e pós cirurgia. Comecei a pensar nelas e a ler sobre as suas vantagens após a cirurgia à hérnia umbilical. A verdade é que até então, pouco tinha feito para recuperar a minha silhueta depois da gravidez, e após o tratamento da hérnia, decidi que estava mais do que na hora de o fazer.

Comecei a treinar, e os treinos personalizados com o Pedro tem-me feito muito bem! O foco principal do meu treino é aumento de massa muscular com a consequente diminuição de massa gorda, fazendo um trabalho muito específico para reforço lombar e abdominal. Esta é uma necessidade estrutural, pois tenho escoliose e lordose, fraco suporte muscular e por isso dores severas na coluna com muita frequência.

As dores nas costas são uma constante na minha vida desde há alguns anos. Em 2006, inscrevi-me pela primeira vez num ginásio com o propósito de fazer reforço muscular, porque o meu fisioterapeuta me disse que um dia que eu engravidasse ia ter sérios problemas. A verdade é que o trabalho que fiz desde essa data até engravidar não foi suficiente, e a gravidez foi penosa no que respeita a dores nas costas. E se ingenuamente pensava que depois de ter os meus filhos a coisa melhorava, cedo percebi que o facto de ter tido dois filhos de uma só vez e de viver num terceiro andar sem elevador, só fazia com que as minhas costas continuassem a sofrer! Com o crescimento destes três anos, e o aumento de peso, a situação continuou a agravar-se, pois embora eles cresçam, ainda não estão na idade de deixar de pedir colo! A verdade é que com pesos que rondam os 15kg, já não é nada fácil carregá-los o colo, mas qual é a mãe que recusa colo a um filho?

Com o agravar da situação e a persistência das dores, acabei por ter que consultar um ortopedista. A recomendação foi para não fazer nenhuma actividade física com impacto, e incidir muito no reforço lombar e abdominal. Paralelamente, tentar fazer correcção postural no dia-a-dia, e marcar um TAC para ver o que efectivamente se passa e tirar a limpo a causa efectiva das dores.

Para quem passa grande parte do dia sentado ao computador, a correcção postural é um problema! Dou comigo vezes sem conta, a escrever dobrada, com os ombros projectados para a frente e as costas mal apoiadas. E é aqui que a Esbelt me tem ajudado!


O modelo que tenho usado é o Bela Vest [ref.ª 431] um corpete com que podemos andar no dia a dia e também, se quisermos,  utilizar para fazer desporto, embora este não seja o modelo especifico para desporto. As costas deste corset são mais altas do que qualquer um dos outros para adelgaçar não só a barriga e cintura mas também acabar com aqueles papinhos irritantes que aparecem na zona do cós do soutien. Este corset oferece apoio lombar mas também apoio cervical. 

Inicialmente, o uso do Bela Vest deve ser moderado. Nos primeiros dias devemos utilizar apenas algumas horas, aumentado graduadamente o tempo à medida que nos vamos sentindo mais confortáveis. Com o uso do Bela Vest, tenho sentido que consigo estar mais direita, ter uma postura mais correcta, quer quando estou sentada a trabalhar quer quando estou em pé. A verdade é que quando o tenho vestido as dores nas costas reduzem significativamente. Não o usei para treinar, porque quero testar usa-lo durante o dia, e porque quero posteriormente testar o modelo específico para treino, mas dado o seu comportamento quando vestido, acredito que o conforto se mantenha. Quando comparado com conforto de uma cinta ou faixa pós parto [as únicas que já experimentei], o Bela Corset é realmente muito confortável, nunca sai do sitio e nunca enrola. 

Como efeito secundário [mas muito agradável!], adelgaça a silhueta, permitindo usar roupas mais justas e disfarçando de forma muito eficaz a barriga! Confesso que estou fã!

O próximo produto da Esbelt que quero testar, e que estou confiante que me trará mais conforto e mais segurança durante o treino, é o Waist Trainer [ref.ª 62], que se destina precisamente a uso no ginásio. O Waist Trainer é uma cinta reforçada nas costas para permitir o esforço em carga e evitar lesões, é ligeiramente mais curto na parte de baixo do que as de dia-a-dia para permitir todo o tipo de movimentos e as barbas são em metal fino, entrançado, altamente flexível para que ao mesmo tempo que corrige a postura lhe permita uma amplitude enorme de movimentos e que voltam sempre à forma inicial por mais movimentos que faça (dobrar ou torção por exemplo). À semelhança do Bela Corset, é constituído por uma liga de cautchú e algodão à qual foram acrescentados 7% de elastano para dar mais elasticidade à peça. As barbas da Waist Trainer, pensadas especificamente para a pratica desportiva estão colocadas na diagonal.


As vantagens estão no material em que são feitas que lhes conferem um grau de compressão superior que ajuda a moldar e adelgaçar a cintura enquanto treinamos, promovendo o reforço lombar que nos permite cargas em esforço sem perigo de lesōes. As barbas altamente flexíveis feitas num metal entrançado finíssimo que volta sempre à forma inicial e no posicionamento anatómico das barbas que lhe permite uma enorme amplitude de movimentos sem magoar. 

Esta cinta foi pensada para tirar o máximo partido do desporto, moldando o corpo, por compressão [ela é feita de um mix de borracha natural, algodão natural e elastano] e por sudação, ao mesmo tempo que protege toda a zona lombar. 


Para mim faz todo o sentido usar os produtos da Esbelt, porque tenho limitações a nível muscular que podem trazer-me problemas e agravar a situação da minha coluna. Se sofrem do mesmo mal, informem-se, espreitem aqui, leiam tudo sobre estes artigos e ponderem se valerá a pena o investimento. Para mim, o retorno mostrou-se garantido a partir do primeiro dia em que utilizei o meu Bela Corset. 

Sem comentários: