Vou fazer ballet com a minha filha!


Já vos tinha falado sobre a necessidade que temos vindo a sentir no Daniel e na Carolina, de fazerem programas em separado. Já falámos imenso sobre isso, e já decidimos que vamos começar a tentar fazê-lo de vez em quando e ver como corre e o feedback que eles nos dão. Esta semana, tive conhecimento de um programa que me pareceu perfeito para fazer com a Carolina, e que durante o próximo mês de Maio vou de certeza experimentar!

A Casa-Museu Medeiros e Almeida, em Lisboa, sugere um detox digital, com três oficinas de expressão artística que permitem a crianças, jovens e famílias ampliar a criatividade e a imaginação. Ballet, Dança Contemporânea e Percussão Corporal estão disponíveis aos domingos, de 1 a 29 de Maio, em sessões de 1h15 de duração, cada uma com o custo de 4€ por participante.

Estas oficinas de expressão artística têm a peculiaridade de serem realizadas dentro da Casa-Museu Medeiros e Almeida, ao longo de várias salas, em contacto com a colecção de arte exposta. 

A organização desta iniciativa está a cargo da sentidosilimitados, associação que conta com a direcção artística de Paula Pinto, primeira bailarina do Ballet Gulbenkian. 

O programa que quero fazer com a Carolina é exactamente o primeiro de que vos falo. A oficina “Eu sou… Bailarina” destina-se a crianças dos 3 aos 6 anos e família, em que todos podem usar roupas e adereços seus, a rigor ou não. A bailarina Cecília Hudec, vestida como tal, partilhará movimentos de ballet clássico pelas diversas salas da Casa-Museu e, no final, envolverá os participantes numa coreografia juntando todos os movimentos que ensinou para as diferentes partes do corpo. Aos domingos, das 10h00 às 11h15.

A oficina dedicada à dança contemporânea “Eu sou… Movimento” permite a todos a partir dos 7 anos descobrir e explorar o movimento do corpo no espaço. Cada sessão tem início com o aquecimento físico e uma série de exercícios para disponibilizar o corpo e os sentidos para uma observação activa. Depois, individualmente e em grupo, os participantes serão convidados a pesquisar movimentos corporais e a construir esculturas humanas, tudo com o objectivo de estimular a linguagem corporal usando a dança contemporânea e aprofundar as relações individuais e colectivas com o espaço envolvente. Cecília Hudec, com formação em diversos estilos de dança, entre eles Contemporâneo, lecionará aos domingos das 11h15 às 12h30 e das 12h45 às 14h00.

A Capela, a Sala dos Relógios e a Sala do Lago recebem a oficina “Eu sou… Ritmo”, dedicada à Percussão Corporal, que é adequada para maiores de 7 anos com desejo de aprender mais sobre como fazer música/sons/ritmos com o seu corpo. Bater palmas, estalar os dedos, utilizar os pés, as mãos, o peito, as pernas e a voz relacionando-os com a produção de ritmos e melodias de forma natural e divertida. Através da aprendizagem de figuras rítmicas e jogos de improvisação, o participante aperfeiçoa tanto a coordenação motora, como a capacidade de criar, ouvir e interagir em grupo. Paulo Charneca, músico e percussionista, liderará estas sessões aos domingos, das 15h00 às 16h15 e das 16h30 às 17h45. 

As inscrições, que são obrigatórias, podem ser efectuadas através deste endereço de  e-mail ou por telefone [919746826], até 3 dias antes de cada oficina de expressão artística. Número mínimo de 10 participantes em cada sessão. Custo por participante não acompanhado: 4€. Custo para Famílias: 7,50€ por cada dois participantes (por exemplo, 1 criança/jovem + 1 adulto). Para reservas de grupos e outras informações, por favor, entre em contacto.

1 comentário:

Anas há muitas disse...

Deve ser bem engraçado ir fazer ballet com a princesa. Estou ansiosa que a minha cresça para fazer estes programinhas de mulher com ela :)