A vossa vida profissional é saudável?

[Imagem daqui]

Desde que mudei de trabalho, em Novembro passado, o meu estado de espírito e a minha predisposição mudaram significativamente. Ando mais bem disposta, custa-me menos a sair de casa de manhã para trabalhar, os dias passam de forma mais ligeira. Isto, obviamente, reflecte-se em todos os campos da minha vida, e traduz-se numa melhoria da qualidade de vida.


Sou normalmente uma pessoa que tem tendência para o perfeccionismo. Para mim, nunca nada está suficientemente bem feito e nunca sinto que dei o meu melhor. Sempre fui assim. Lembro-me na altura da faculdade, que mesmo nas alturas em que me matava a estudar, dizia sempre que podia ter estudado mais um bocadinho, que me podia ter esforçado mais.

No trabalho, também sempre fui assim. Nunca gostei de fazer alguma coisa "ás três pancadas" só para despachar rápido. Sempre tentei fazer as coisas o melhor possível e sem demorar muito tempo. Com esta minha mudança, abracei o desafio de começar a trabalhar numa área nova para mim. Uma área que estudei, na faculdade, e na qual não voltei a pensar desde então. É todo um mundo novo, e o que me tem acontecido nestes últimos 4 meses, é que sinto que não consigo produzir o que quero á velocidade que quero. E a verdade, é que isso desmotivou-me. Estou rodeada de pessoas com mais experiência que eu, e já abordei este assunto diversas vezes, quer com quem trabalha comigo agora, quer com antigos colegas do outro trabalho. Todos me respondem o mesmo: tens que ter calma! Dá tempo ao tempo, vai fazendo as coisas devagar até estares à vontade com os temas. E eu, que no fundo sei que é exactamente isso que tenho que fazer, vou tentando, mas no meu intimo, ando irritada comigo mesma, por demorar demasiado tempo a fazer coisas que deveriam ser feitas num instante, e por precisar de pedir de ajuda vezes demais para o meu gosto. 

Esta semana, o meu chefe, numa acção de motivação de equipa, enviou para todos nós esta imagem. E eu, dei por mim a sorrir para o computador, e a rever-me em alguns pontos. O ponto 6 particularmente, disse-me muito!


E porque a nossa vida é de facto passada maioritariamente no trabalho, é realmente importante que as coisas a esse nível corram bem! E acreditem, que se não formos nós a fazer por isso, ninguém o fará! E vocês? Qual é a vossa relacção com o trabalho?

Sem comentários: