Músicas da minha vida e sonhar que hoje não estou a trabalhar!

[Imagem daqui]

Hoje não me apetecia sair da cama! O despertador tocou, e eu não me mexi! O marido fez-me uma festa na cabeça e disse:

"Amor, está na hora de acordar!"


Respondi com um "huummm", virei-me para o lado e enrosquei-me nele! O frio cá fora fazia-me apetecer pura e simplesmente ser irresponsável e ficar na cama! Esquecer tudo! Os horários das crianças, os nossos trabalhos, e apenas ficar ali! 

Que saudades daquela idade em que mesmo com consequências, podia tomar essa decisão! Consigo lembrar-me de o ter feito algumas vezes! Uma mensagem para o trabalho a avisar de uma indisposição que nos impede de trabalhar nesse dia, e um dia inteiro livre pela frente!

Acabei por me levantar, claro, mas a custo, a muito custo! A manhã de trabalho já vai longa, já tive algumas coisas importantes em mãos, já dei andamento a alguns processos, e já bebei uma chávena de chá! O Sol brilha lá fora, e apesar do frio, apetecia-me sair lá para fora, passear a pé, à beira mar. 

Hoje ia até Sesimbra! Dava um grande passeio a pé, almoçava num dos bons restaurantes da terra, como a Casa Mateus ou o Velho e o Mar. Comia umas entradas daquelas típicas de terras à beira mar, e de seguida um peixe grelhado com salada. Bebia um copo de vinho branco, fresco, frutado.

Depois de almoçar sentava-me numa esplanada ao sol, a ler. Tenho saudades de ler. Pelo menos de ler sem interrupções. De ter tempo para fazer apenas coisas de que gosto, que me dão prazer, que me satisfazem. 

Um dia, quem sabe, quando a vida me mostrar que todas as voltas que tem dado têm um propósito, e que esse propósito é trazer-me a tranquilidade que tanto preciso e procuro, vou conseguir fazer estas coisas! Por agora, vou ali num instante almoçar dentro do meu tupperware, e voltar à carga, que o trabalho não espera!

Sem comentários: