Agora é que vão ser elas! [Inspira - Expira!]


Lembram-se da minha hérnia umbilical? Falei-vos aqui sobre a minha decisão de 2016, de tratar finalmente dela. E nem imaginam como me estou a sentir agora!


Pois que fiz todos os exames pré-operatórios necessários, e marcámos a data! 11 de Março! Coisa simples, feita a uma 6.ª feira, em ambulatório, pelo que nem sequer fico por lá a dormir. Durante o fim de semana recupero e na 2.ª feira seguinte estou fresca para trabalhar!

Cuidados a ter? Limitações no que respeita a carregar pesos e fazer desporto por um período de 1 a 2 meses após a cirurgia. 

Ok! Encaixei a coisa, e tenho vindo a digerir o tema em silêncio, de mim para mim, com os meus medos, os meus receios, que sei que no momento de me apagarem para atacar a coisa me vão deixar em lágrimas! 

Até que, na 5.ª feira logo pela manhã, recebi um telefonema do hospital, dizendo que seria necessário alterar a data, pois o Doutor não poderia operar dia 11. Pensei que iam passar para a semana seguinte... só que não! Quando dei por mim, já tinha desligado o telefone e tinha a cirurgia remarcada para a próxima 6.ª feira, dia 4! O dia em que tenho a consulta de anestesia. Segundo o senhor que me ligou, não tem problema, porque a operação é só à tarde, por isso faz a consulta e é operada de seguida! 

Damn! Estou em pânico! Acalmem-me por favor! Digam-me para esquecer o assunto e despachar logo a coisa! Estou a precisar! [Enquanto isso, vou andado aqui a hiperventilar!]

1 comentário:

Paula disse...

Sara... esqueça o assunto e despache logo a coisa. :)
Brincadeiras à parte, sou tal e qual. Morro de medo de...bom, basicamente de quase tudo! Sou uma cagarolas para quem uma simples TAC com contraste é motivo de horror. Mas a verdade é que, racionalizando, são procedimentos muito simples e para os médicos são hoje coisas que fazem "com uma perna às costas".
Vai correr lindamente, e rapidamente vai concluir que já devia ter tratado disso há mais tempo. Um beijinho e doses de calma.