Quem gosta de batatas fritas ponha o dedo no ar!

Por opção, em nossa casa pura e simplesmente, não se fazem fritos. Nenhuns! Zero! Faço no forno, muitas coisas que em teoria teriam que ser fritas, e as que tinham mesmo que ser fritas, não faço! Mas, como qualquer família "normal", gostamos de batatas fritas. Gostamos de batatas doces frita, de courgette frita... e ainda assim, não fazemos! De vez em quando, para um jantar de hambúrguer no pão, por exemplo, que é uma das coisas que os miúdos adoram, compramos pacotes de batata frita, e nesses casos, normalmente, desaparecem de imediato e não sobra nem uma batata para contar a história!


Na semana passada, recebemos um Press Kit de uma marca que já conhecia do mundo digital, mas que nunca tinha experimentado. Já ouviram falar da Tyrrels? Tinha ideia de que era uma marca que dizia fazer batatas fritas mais saudáveis, mas acabei por  descobrir que é muito mais do que isso! Mais do que batatas, a Tyrrells faz, entre outras coisas, chips de vegetais! E confesso, que conseguiram mesmo surpreender-me!


Recebemos a caixa, e quando chegámos a casa ao fim do dia, o Daniel e a Carolina começaram logo a dizer que queriam provar! Bem que tentei dissuadi-los, receando que o apetite para o jantar desaparecesse se eu cedesse, mas não consegui. Fizemos um acordo! Escolhiam uma embalagem, abríamos, e só provavam para depois jantarem bem na mesma. Concordaram comigo, e escolheram o pacote! A decisão recaiu sobre o pacote verde! A escolha foi pura e simplesmente baseada na cor, claro! Li o que dizia a embalagem:  Tyrrells Veg Crisps - Beetroot Parsnip Potato. Ou seja,  nem sequer eram simplesmente batatas! Era beterraba, cherivia e batata. Puseram as mãos dentro do pacote e tiraram um chip. O Daniel acertou em cheio! Apanhou um pedacinho de beterraba! Pôs na boca, trincou e disse: "Huummm estas batatas são tãããooo boas, mamã!"
Diz a própria Tyrrells, que passam os dias a fazer boas batatas fritas inglesas na  quinta no delicioso countryside da região do Herefordshire. Gostam de fazer as coisas um bocadinho diferentes para a maioria. Têm orgulho em ser Herefordshirianos (será que a palavra existe?), e só usam batatas de produtores locais, sendo as favoritas as Lady Rosetta e Lady Claire. São os nomes das batatas, não dos proprietários das quintas. Só para não haver mal entendidos! Quanto à pele da batata... Batatas sem pele são boas para puré, mas para fritar? Mil vezes “não”. É ai que está o sabor e a parte boa da batata! E claro que o corte fino faz toda a diferença! Nada melhor para a alma que o crunch sonoro de uma batata cortada no tamanho perfeito. Facto científico! No livro de culinária só há uma forma de cozinhar batatas estaladiças e é à mão. Se precisa ser convencido, pegue num pacote de batatas Tyrrells e noutro de outra marca e faça um teste cego. Como os melhores whiskies, as Tyrrells são feitas à moda antiga: em lotes pequenos. É a melhor forma de garantir que todos os pacotes sabem tão apetitosamente bem como o anterior. Garantem-nos que todos os nossos sabores e temperos são completamente e totalmente naturais. No momento em que as batatas saem da fritadeira, vão para a Big Spinny ThingTM, que é basicamente um secador gigante em forma de tômbola que retira qualquer óleo extra e torna as batatas fritas ainda mais crunchy!

As Tyrrels estão à venda  em hiper e supermercados, pelo preço de venda ao público de 2.49€! Vão conseguir deixar de experimentar?

Sem comentários: