Depois do coração arrumado...

... e já mais tranquila, depois da ansiedade de ontem, hoje já vos posso falar sobre o que a Carolina e o Daniel fizeram ontem! Desde o inicio do ano lectivo que sabia que algures no mês de Janeiro, ia haver uma deslocação a Lisboa para assistir a uma peça de teatro. Este ano, a escolha recaiu sobre Tarzan, de Filipe La Feria, em cena no Teatro Politeama.


Em cena até 10 de Junho deste ano, Tarzan, uma obra-prima da literatura infantil de Edgar Rice Burroughs, já teve honras de representação no teatro por inúmeras vezes, já foi adaptado ao cinema e claro, à banda desenhada. A simples aventura da vida deste menino, transmite uma grande lição de vida e uma reflexão sobre o ser humano, a sua condição e os seus valores. Na verdade, nesta selva que é a vida, todos precisamos de ter um pouco do espírito de Tarzan para podermos sobreviver e sermos felizes.

Para o Daniel e a Carolina, a aventura começou com a deslocação de autocarro. Só tinham andado de autocarro uma única vez, no Verão passado, e numa curta viagem. E para além disso, desta vez, iam pela primeira vez sair sem os pais ou os avós! Sozinhos com educadoras e auxiliares, e com os amigos! Que crescidos que se sentiam! Ficaram na escola muito animados, despediram-se e foram de sorriso nos lábios. [ao contrário da mãe!]


Ao final do dia, quando lhes perguntei como correu, responderam em coro:

" - Gostei de tudo!!"

Foi preciso tentar aprofundar a conversa, perguntar mais pormenores, o que tinham gostado mais, o que tinha acontecido, e o que tinham visto.

Sobre a viagem, fiquei a saber que na deslocação de autocarro aprenderam a cantar a canção típica das Janeiras, e decoraram a letra praticamente toda [o Daniel passou o resto do dia a cantarolar, está um vídeo disso no instagram]. Que passaram de autocarro ao pé da nossa casa, e na Ponte vermelha, lá muito alto a ver o rio. Que viram uma mota! Mas uma mota a sério, não era uma a brincar dentro do autocarro. Que o autocarro era muito grande e tinha muitos bancos. Cabiam lá todos!

Sobre a peça, a primeira coisa que me contaram foi que tinha macacos! [Desde que fomos a esta peça, os macacos e o teatro ficaram marcados na memória com muita representatividade]. 

"Havia muitos macacos, que faziam "huhuhu" e até estava lá o Tarzan. E depois veio um caçador, debaixo de uma rede, e apanhou eles todos! Mas o caçador não era mau. Era bonzinho. Queria ajudar o Tarzan. E o Tarzan não tinha roupa, mas não tinha frio. E tinha uma namorada, mas eu já esqueci do nome"

Pelo que me contaram, a peça deve ser giríssima e deve ser um bom programa para fazerem com os vossos filhos! O Daniel e a Carolina adoraram!

Sem comentários: