Do nosso fim de semana

Os fins de semana tem-se sucedido como uma amálgama de actividades, um conjunto de eventos e responsabilidades, que nos tornam a agenda muitíssimo preenchida. Este último teve a sua cota de actividades, mas teve também tempo para pura e simplesmente estarmos em família!


O fim de semana começou com um jantar de Natal, embora só para a mãe! Saí tarde do trabalho, porque queria deixar um documento finalizado antes de sair, e em pouco mais de uma hora, passei em casa, fiz um tacho de massinha de salmão para o jantar da malta, preparei uma máquina de roupa, mudei de roupa e maquilhei-me e lá fui eu! Num restaurante típico e muito famoso aqui na zona, juntámos as cerca de 20 pessoas que trabalham comigo, e partilhámos umas horas de uma actividade diferente da habitual! Ali não se falou [muito] de trabalho, comeu-se e bebeu-se muito bem, riu-se, brincou-se. Foi um bom jantar!


No sábado, acordámos devagar, ficámos um bocado os quatro na ronha na cama grande, e descemos para um pequeno almoço tranquilo. Papas de aveia com cenoura e chocolate para os pais, leitinho com nesquick e croissant com manteiga de amendoim para os filhos. Depois do pequeno almoço, já com a casa arrumada e roupas a lavar e a secar, o Daniel começou a pedir para ir ver a árvore de Natal do avô, e lá acabámos por ir almoçar a casa dos avós paternos. Aproveitámos, e levámos o avô a passear, já que a avó estava a trabalhar.

A tarde foi passada no Fórum Montijo, na Ice Party patrocinada pela Trina. Partilhámos a pista de gelo com as mascotes da marca, as três laranjas que o Daniel e a Carolina adora [em particular a que tem a cara triste!], e divertimo-nos imenso a patinar no gelo! O pai, que nunca tinha conseguido sequer pôr-se em pé em cima de um par de patins, fez grandes progressos, e estou convencida que com mais umas horas de treino está apto para uma bela demonstração!




Acabámos o dia com um jantar em família, no quentinho cá de casa, de lareira acesa. A avó foi lá ter quando saiu do trabalho, e o fim do dia de sábado foi muito tranquilo.

No domingo, o pai foi dar uma corrida matinal com o avô e o primo Nuno [uma homenagem que fazem sempre pelo aniversário do tio Daniel], e nós ficámos os  três a dormir! A Carolina foi a primeira a aparecer! Pouco devia passar das 9h, quando apareceu ao pé de mim, subiu para cima da cama e instalou-se ao meu lado! Adormeceu ao fim de poucos minutos, e eu acabei por adormecer também! Já pouco faltava para as 11h quando voltei a despertar, desta vez com a chegada do Daniel. Tal como a irmã, trepou cama acima, e instalou-se! A primeira coisa que me disse, depois do "Bom dia " e do beijinho, foi "Eu tavo sózinho..."! Detesta acordar e ver que a irmã já não está ao pé dele, fica sempre triste e queixa-se! Enroscou-se ao pé de mim e ficou ali sossegadinho a conversar. Estivemos nisto cerca de meia hora, até que ele se quis levantar para ir tomar o pequeno almoço: "Tenho fome mamã! Vamos pa baixo? Poxo acodá a mana?" - desceu da cama, deu a volta para o outro lado, encostou-se à cama e depois de lhe dar um beijinho começou a chamar baixinho "mana, bom dia. acóda!". Pouco depois de termos descido para tomar o pequeno almoço, chegou o papá! 


Decidimos que devido ao tempo fabuloso  que estava lá fora, íamos ficar em casa todo o dia, de lareira acesa! Brincámos, vimos filmes, fizemos pinturas, jogámos, e ao fim do dia, a Carolina e o Daniel tiveram direito a um banho de espuma! Num instante, quando demos por nós... a hora de dormir tinha chegado! O fim de semana voou, e hoje de manhã tinha dado tudo por poder ficar com eles na ronha novamente. É a coisa que melhor me sabe nos fins de semana! 
 


Mas para já, boa semana! É a última semana de trabalho deste ano, pois na próxima já só trabalho na 2.ª feira e depois entro de férias e é até para o ano! Yay! 


Sem comentários: