Coisas de mãe e filha

Há uns dias, enquanto secava o cabelo à Carolina, começou a mexer no fio que trago ao pescoço. É um fio de ouro muito fininho com uma estrela pequenina que tenho há muitos anos.

Depois de o virar de todas as formas possíveis, diz-me:
"C - Mamã o teu fio é muito'indo!
Eu - Gostas filha? Quando fores crescida a mamã oferece-te um igual.
C - Tá bem mamã, ficamos igual. Mas o meu vai ser cô de rosa.
Eu - ok filha, combinado.
C - E depois ficamos sempre sempre igual mamã! E quando tu seres velhinha, eu vou tomar sempre conta de ti!"

A associação de ideias que fez, do ficarmos sempre iguais até eu ser velhinha, não faço ideia de onde surgiu, mas fiquei contente por saber que com apenas 3 anos, a minha filha se preocupa em cuidar de mim quando eu for uma velha rabugenta!