#24 As minhas receitas | Scones


Em nossa casa, chegado o Outono, há rotinas familiares que estão instituídas e que voltam ao activo de forma automática! Hoje falo-vos dos nossos jantares de domingo, que salvo excepção, são constituídos por scones caseiros! E se no ano passado os miúdos ainda não entravam nesta "regra" de jantar scones ao domingo, este ano já alinham e adoram!

Nos últimos anos em que vivi em casa dos meus pais, recordo sempre que ao domingo comíamos scones ao jantar! Uns bebiam leite, outros chá, e comíamos os scones quentinhos, com manteiga e compotas variadas. Era uma espécie de ritual, que fazia com que terminássemos o fim de semana de uma forma descontraída, a partilhar uma refeição em família e a preparar o espírito para uma nova semana.

Por isso, e como estas recordações sempre estiveram presentes na minha vida, resolvi manter esta tradição. A receita original foi retirada de um livro da minha mãe, edição da Farinha Branca de Neve, e entretanto com o passar dos anos foi sofrendo ligeiras adaptações para se tornar na nossa receita favorita. 



Scones:

Ingredientes:
300g farinha
40g açúcar
1 colher de sobremesa de fermento em pó
30g margarina amolecida
100g leite meio gordo ou gordo
1 ovo
2 claras
1 pitada de sal

Preparação:
Misturar os ingredientes todos numa taça grande, começando pelos sólidos. Misturar muito bem com uma colher de pau. Deitar colheradas de massa para um tapete de forno e levar ao forno a 180º C até ficarem dourados.

Notas:
Alguns pormenores importantes! Uso sempre farinha branca de neve, e das poucas vezes que não o faço, nota-se logo uma enorme diferença na consistência dos scones. O leite deverá ser preferencialmente meio gordo ou gordo, pois o leite magro não encorpa o suficiente. Podem adicionar nozes picadas grosseiramente, pepitas de chocolate, passas de uva, ou o que vos apetecer na massa antes de levar ao forno! Ficam uma delícia.

Para mim, as melhores combinações com estes scones são a manteiga, a compota de abóbora, de maçã, de morango, de framboesa ou de tomate. Mas provavelmente é coisa que fica bem com todas as compotas. Se experimentarem, contem-me como correu! 

Sem comentários: