E quando recebes um email que não consegues ler?

Independentemente da minha situação profissional ter mudado recentemente, uma opção que não descarto, é a de sair do país. As coisas por cá continuam mal, não se vê previsão de que venham a melhorar, e eu tenho dois filhos para criar e estou cansada de ter em permanência cada moeda de 0,01€ contada.
Se me surgir uma oportunidade que me permita sair de cá com a família toda, ganhar um ordenado que me pague as contas e me permita pôr alguma coisa de lado, fecho a porta de casa à chave, guardo o carro na garagem, faço malas e vou-me embora!

Tenho amigos em Angola, no Dubai, em Moçambique, na Irlanda... que tomaram essa decisão em determinada altura das suas vidas, e o facto é que com saudades ou sem elas, toda a gente me diz que já o devia ter feito há mais tempo!

Não vou dizer que não me custaria fazê-lo, porque tenho a certeza que ia custar e muito. Deixar "para trás" família e amigos deve ser uma coisa que dói. E privar os meus filhos principalmente dos avós e dos tios seria um golpe que ia mesmo doer. Mas, se fosse em prol do melhor para nós, seria um sacrifício que estava disposta a fazer.

Por isso, recebo newsletters de emprego pelo mundo, e quando vejo um anúncio no qual as minhas qualificações de enquadrem, concorro! Esta semana concorri a mais um, num país árabe, e pela primeira vez, recebi um email de resposta! 

"شكرا لتقديمك على الوظيفة الشاغرة Enviromental Engineer التي اعلنا عنها على بيت.كوم.
لقد تلقينا طلبك وسنقوم بمراجعته بأسرع وقت.
نرجو منك التحلي بالصبر بينما نقوم بمراجعة الطلبات. وسنقوم بالاتصال بك للمضي قدما بهذه العملية في حال تتطابقت مؤهلاتك مع متطلباتنا.
أطيب التحيات
فريق "

Consegui perceber a designação da minha profissão! Nada mau hein! [Obrigada Google translator por existires!]

Sem comentários: