A revolta das embalagens: um projecto de enorme valor!

Já vos tinha falado sobre reciclagem aqui, mas hoje volto ao tema! A Tetra Pak tem dado passos de gigante no que respeita a promover esta área, e é com muita satisfação que tomo conhecimento destes projectos! No fundo, foi por projectos destes que trabalhei nos meus primeiros anos de vida profissional. Hoje venho contar-vos tudo sobre o projecto-piloto “Revolta das Embalagens by TOUCH“.



A Tetra Pak, em conjunto com a Fundação AFID Diferença e a TOUCH, lançaram o projecto-piloto “Revolta das Embalagens by TOUCH“, uma unidade de negócio eco-social gerida pela AFID  - com a consultoria e acompanhamento da TOUCH, responsável da marca.




O projecto tem como principal objectivo o desenvolvimento de produtos de design eco-sociais, com especial foco na produção de Alcofas - cestas de compras - através da reutilização de resíduos de embalagens de cartão da Tetra Pak, pelas mãos dos utentes e técnicos da Fundação. Desta forma, e através da criação de uma Oficina de Trabalho, financiada pela Tetra Pak, a Fundação AFID Diferença criará receita através da produção e comercialização dos produtos, desenvolvendo-se assim um modelo de negócio social sustentável. A TOUCH é o motor que promove esta iniciativa através da efectivação de parcerias entre instituições e empresas.



Com a implementação e consequente desenvolvimento do projecto-piloto, a fundação AFID Diferença lança também uma campanha de recolha de embalagens usadas junto da comunidade (clientes, familiares e colaboradores), bem como de alguns parceiros. A Tetra Pak divulga ainda a iniciativa junto dos seus colaboradores e recolhe internamente embalagens usadas, de forma a angariar parte da “matéria-prima” necessária para alimentar o projecto-piloto.



«O projecto Revolta das Embalagens by TOUCH actua numa vertente ambiental e social, indo completamente ao encontro do posicionamento da Tetra Pak. Através do apoio a este projecto, pretendemos criar um modelo que seja visto como uma referência no âmbito da responsabilidade social. O objectivo é estabelecer e consolidar uma relação de entreajuda social entre todas as entidades envolvidas, com benefícios sociais reais associados e agregados, não só para os envolvidos no projecto, como também para a sociedade em geral”, comenta Ingrid Falcão, responsável de Ambiente da Tetra Pak em Portugal.



Com o projecto pretende-se, sobretudo, incidir em três aspectos fundamentais como a sensibilização da comunidade para a importância da reutilização e reciclagem das embalagens associada a uma preocupação social, bem com contribuir para a integração socio-ocupacional de jovens e adultos portadores de deficiências.



«Conjugar a vertente ambiental com a social é o melhor de dois mundos. Através desta iniciativa iremos investir na integração socio-ocupacional dos nossos utentes, que contribuirão com o seu talento para a criação de uma marca de design eco-design, que ambicionamos seja um sucesso, de forma a tornar-se economicamente sustentável num futuro próximo. É esse o nosso objectivo e é para isso que vamos trabalhar”, acrescenta  Lutegarda Justo, Directora  da Fundação AFID Diferença.



Já, Rita Melo e Nuno Mesquita da TOUCH, acrescentam, “promover esta iniciativa, e apoiar a gestão e desenvolvimento de negócios com impacto social, através da efectivação de parcerias entre instituições e o tecido empresarial português, de forma a tornar o negócio economicamente sustentável, é o principal foco da nossa actividade. Estamos muito entusiasmados por fazer parte deste projecto, que tem tudo para ser bem-sucedido na sua área de actuação.”



A “Revolta das Embalagens by TOUCH” posiciona-se assim, como um projecto de carácter social e ambiental, com foco na preocupação e integração sócio-ocupacional, promovendo a reutilização de embalagens para o desenvolvimento de um negócio social responsável e auto-sustentável. Saibam mais sobre este projecto aqui.

1 comentário:

Xica Maria disse...

Bastante interessante!