A percepção infantil de como nascem os dentes


Ontem à noite, quando os estávamos a deitar, apercebi-me de que tinha partido um dente. Tenho uns dentes muito fracos, grande parte dos molares e pré-molares estão desvitalizados e reconstruídos, e de vez em quando há este tipo de percalços.
"Eu - Acho que hoje ao jantar parti um dente... [enquanto passava a língua pelo dente em questão]
David - A sério!? Bolas! Já tens dois dentes partidos em pouquíssimo tempo... qualquer dia não consegues comer...
Eu - Pois... ando cheia de sorte...
Daniel - Tens um dente patido mamã*
Eu - Sim...
Carolina - Mosta lá mamã
[Mostrei o dente partido aos dois, que observaram muito atentamente]
Daniel - Agora tens que beber um bocadinho de leite mamã. Pa naxê ôto dente a ti. Pa poderes comê"

E não, cá em casa nunca houve conversas que relaccionassem o consumo de leite ao crescimento de dentes. A percepção que os miúdos têm de coisas tão simples como um dente partido é maravilhosa!

1 comentário:

Xica Maria disse...

Eles aprendem tudo sei lá onde!