Férias à vista!

Uma semana! Falta uma semana para entrarmos de férias! E eu, pessoa crédula que sou, ainda tenho uma réstia de esperança que me saia o Euromilhões entretanto, e que consiga passar uns dias de férias num sitio porreiro! Já pesquisei sobre sítios de praia, já pesquisei sobre campo, já sonhei com o Gerês, com o Sul de Espanha, enfim... com muitos destinos possíveis que me apetecia visitar! Hoje, sonhei com uma tipologia de destino que assim à partida não me cativa muito, mas que depois de pesquisar, passou a cativar! Alguém imaginaria ver-me a pesquisar sobre termas? Pois! Eu se calhar também não! Mas pesquisei e acreditem que fiquei com vontade!

Este ano, as Termas de Portugal apresentam um leque de propostas diversificadas para as férias em família, com particular enfoque no mês de Agosto, por ser este o mês de férias por excelência das famílias Portuguesas. Para além dos programas termais terapêuticos e de propostas de bem-estar e promoção de saúde adaptados para todas as idades [os tradicionais programas de velhote!], as férias nas Termas incluem actividades de animação, desportivas e culturais, privilegiando sempre o contacto com a natureza.

Através das virtudes excepcionais das águas minerais naturais, as férias nas Termas significam a reposição do equilíbrio orgânico, funcional e mental através das técnicas termais como: duches, banhos, massagens, relaxamento, anti-stress e outras pensadas no bem-estar dos clientes. Uma estada em qualquer uma das unidades hoteleiras das Termas de Portugal permite explorar a beleza da região circundante - maravilhas naturais de enorme valor, monumentos históricos, museus, uma rica e vasta gastronomia local, etc. - bem como outras atividades a decorrerem durante a época estival.

Ora, repor o equilíbrio orgânico, funcional e mental, é tudo aquilo que eu preciso, pelo que resolvi perder um bocadinho a investigar melhor esta história das termas! Da lista de estâncias termais, seleccionei as 3 que me diziam alguma coisa, só assim pelo nome!

Em primeiro escolhi as Termas de Unhais da Serra. Integradas numa aldeia pitoresca da Serra da Estrela que conheço bem, estão fisicamente ligadas a um dos hotéis com que sonho visitar desde o dia em que abriu: o H2Otel! E se a Serra da Estrela tem sempre tanta procura durante a época fria, os seus encantos de Verão também são imensos, e tenho a certeza que seria um excelente destino para passarmos uns dias!

Em segundo, as Termas das Pedras Salgadas. Porque lá em casa todos somos fãs de águas das pedras, e visitar a sua origem, seria sempre um programa familiar engraçado! Inserido num belo parque, o histórico edifício do SPA Termal de Pedras Salgadas, integrado no projecto de requalificação do Parque de Pedras Salgadas, foi recuperado pelo Arquitecto Álvaro Siza Vieira, que devolveu ao espaço o carisma e a qualidade de outros tempos. A génese do "Pedras Salgadas spa & nature park” no seio de uma natureza deslumbrante, colocam-no entre os destinos primordiais para um retiro familiar ou profissional, pleno de pureza e de um ambiente relaxante que quebra o stress do quotidiano.
Em terceiro escolhi as Termas das Caldas de Monchique, terra que também conheço e com a qual simpatizo bastante! Pela sua localização a Sul, mas fora da tradicional confusão Algarvia, proporciona paisagens deslumbrantes numa zona interior repleta de encantos. O Resort Vila Termal das Caldas de Monchique oferece o sítio perfeito para um alojamento de qualidade, longe do reboliço e cheio de opções giras para programas familiares.
 
As propostas de férias de verão das Termas de Portugal podem ser consultadas no site ou na página do Facebook 

Sem comentários: