E quando o desfralde nos surpreende?

Já tinha falado neste post, no quanto ando cansada, ao ponto de me esquecer de pôr fraldas antes de os deitar e ter inundações de xixi a meio da noite. Com a doença da Carolina a coisa piorou, e na semana passada, faz hoje exactamente uma semana, voltei a ter um percalço! Este, com muita satisfação minha, com um final feliz!

Na 5.ª feira passada, ao fim do dia, a Carolina começou a queixar-se com frio, e quando dei por ela, estava a arder em febre. Depois do banho, não quis comer, e pediu-me para ir para a cama. Levei-a para cima, pus-lhe a fralda, dei-lhe um bocadinho de colinho [que isto de estar doente faz com que a necessidade de mimo aumente exponencialmente] e deitei-a. Enquanto isso, o irmão ficou na cozinha com o pai a jantar. 

Quando acabou de jantar, quis ir também para a cama. Já tinha "perdido a irmã de vista" há quase meia hora e nem pensar em ficar muito tempo longe dela! Levei-o para cima, deitei-o e aconcheguei-o, e depois do beijinho de boa noite, desci.

Na manhã seguinte, acordou cerca das 8h e pediu para ir para a minha cama. A irmã tinha passado a noite muito mal, com 40.ºC de febre, e ainda estava a dormir. Deitou-se ao pé de nós e ali ficou cerca de 1h. Quando a irmã acordou, descemos todos para tomar o pequeno almoço. O Daniel comeu, e foi para o sofá ver desenhos animados. Passados uns minutos apareceu-me na cozinha a pedir para ir fazer xixi. Disse-lhe que podia fazer porque eu ainda não lhe tinha tirado a fralda. Ele respondeu-me de imediato que... não tinha fralda... Gelei! Tinha-me esquecido outra vez! No minuto seguinte, percebi as implicações que isso tinha, levantei-o no ar e enchi-o de beijos! Estava concluído a 100% o desfralde do Daniel! 

A verdade é que por um esquecimento meu, o Daniel deixou a fralda nocturna de um dia para o outro. E passada uma semana, não houve uma única noite em que ele fizesse xixi na cama. Acordou uma noite a chorar por volta das 3h da manhã a pedir para fazer xixi, e quando na manhã seguinte lhe expliquei que não precisava de chorar, e bastava chamar por nós se tivesse vontade, ele disse que sim e percebeu! Na  noite seguinte, acordou cerca das 7h, chamou, e para além de chamar por nós, como habitualmente, disse que queria fazer xixi! 

Está um crescido, e eu fiquei super orgulhosa, por ver o meu bebé despachar um assunto que por vezes é um pesadelo, com o maior dos sucessos! Agora falta a irmã, que ainda não está muito virada para isso :)

Sem comentários: