Estava predestinado! Mesmo assim, foi um bom dia!

O dia de hoje estava predestinado a ser assim meio merdoso! Ontem passei o dia todo com sintomas de amigdalite. Já tinha passado mal a noite e acordei aflita. Sendo que nas duas últimas semanas o "bicho" atacou os mais pequenos cá de casa, seria de esperar que eu fosse a correr tratar da coisa e medicar-me devidamente. Em vez disso, comprei Brufen!

A noite passada foi pior ainda! Não há brufen que resolva esta treta, e apesar de aliviar [só um bocadinho!], cerca das 2h da manhã estava de olho aberto cheia de dores! Imaginam como me levantei de manhã? De rastos! Mas não podia defraudar as crianças, falhando no programa que tínhamos combinado.

O programa do dia implicava ir ao Zoo. Como os miúdos nunca tinham andado de comboio, decidimos que íamos mudar isso, deixámos o carro na estação e fomos de comboio para Lisboa! Eu mais ou menos anestesiada pelo Brufen da manhã, a cair de sono, eles super excitados.  



Chegámos, participámos num evento do Dia Mundial do Ambiente promovido pela Vulcano, e de seguida a ideia era visitar o zoo. 





Antes de seguirmos viagem,  estava eu a preparar-me para tirar uma fotografia, senti uma coisa a cair-me em cima... Quente, a escorrer... Adivinham? Sim! Uma poia! De pombo ou de outra ave qualquer, em cheio na minha testa! Morta de riso, a limpar a cena com toalhitas que prontamente me estenderam, lá tive que acabar por ir à casa de banho terminar a limpeza para poder seguir com o programa!

Depois disto, lá fomos. Os golfinhos foram logo postos de parte. [com muita pena minha porque adoro o espectáculo! Acho mesmo que é o melhor do zoo]. Os horários dos espectáculos são às 11h e às 15h, as 11h já lá iam e as 15h vinham longe.

A pedido dos mais pequenos, começámos a visita pelo teleférico! Por eles tinham dado várias voltas. Não acharam muita graça sair. O Daniel gostava era que o teleférico tivesse um banquinho, porque estava "canxado" e quis sentar-se no chão durante a maior parte da viagem. À saída, descemos 3 ou 4 degraus, eu com o Daniel ao colo, não sei lá o que fiz, mas torci o tornozelo direito [sensivel de uma entorse em miúda que deixou sequelas] e soltei um esgar de dor. Não caí, ainda bem para o meu filho, e consegui sentar-me num degrau. Valeu-me o acumulador de frio que vinha na bolsa dos iogurtes e das águas, que entrou rapidamente em acção e me ajudou a controlar os estragos.


Seguimos viagem. Fizémos uma visita rápida ao zoo. Eles cansados [e nós que inteligentemente achámos que não valia a pena levar carrinhos bengala!], eu meia coxa, e um calor de sufocar! Vimos as girafas, os leões, os elefantes, os camelos, as zebras, os rinocerontes e os hipopótamos. Vimos os macacos, os gorilas, os chimpanzés. Vimos um macaquinho bebé super amoroso, a mamar! ❤️ Vimos passarinhos cor de rosa, mais conhecidos por flamingos. Vimos gnus, búfalos, antílopes, suricatas. Apesar da visita relâmpago, vimos a maior parte dos animais!







Regressámos de comboio, eles quase a dormir em pé [e nós tambem], chegámos a casa, almoçámos e dormimos a sesta! Os quatro!

Quando acordei estava pior. Fiz contas de cabeça, li a bula do brufen, e concluí que não podia tomar mais nas próximas horas. Acabei por me render e falar com o pediatra dos miúdos, que me medicou de imediato com a mesma prescrição que os miúdos fizeram, na versão de adulto. 

Agora estou a aproveitar o silêncio! Miúdos e pai foram à farmácia comprar o meu antibiótico, e eu aproveitei para me esticar no sofá. E é só isto que me apetece fazer o resto do fim de semana! Posso? 

Sem comentários: