O desfralde dos gémeos - Já vamos no 7.º dia

Não vou dizer que tem sido perfeito. Não tem! Tenho roupa extra para lavar todos os dias, o stock de cuecas já teve que ser amplamente aumentado, e tenho tido imensa dificuldade em seleccionar o que lhes vestir, para que seja possível, pelo menos, despirem-se com rapidez e alguma autonomia. 

No sábado, pai a participar neste evento e mãe a acompanhar, deixaram as crianças em casa dos avós maternos. Durante a manhã tudo correu bem, mas durante a refeição, lá houve um pequeno descuido do Senhor Daniel. Mais uma vez se comprovou, que quando se concentra em qualquer actividade, desliga "o chip" e facilmente faz um xixi pelas pernas abaixo. Sem dramas, que é uma parte importante da coisa, trocou de roupa e continuou a almoçar. Durante a tarde foi a vez da Carolina, que durante um passeio a pé à beira rio, se esqueceu de pedir a tempo, e quando o fez já não conseguiu conter-se. Lá regressaram a casa, para troca de roupa e continuaram a brincar por ali.

Domingo fomos à praia de manhã. Fizeram xixis à beira mar por duas vezes, mas entretido a fazer bolos de areia e a ver os parapentes a "aterrar", o Daniel voltou a descuidar-se. Fácil de resolver, como ele mesmo já percebeu, disse que queria trocar de cuecas e de calças, e continuou a tranquilamente a brincar. Durante a tarde, já em casa e enquanto brincava, novo descuido. Apareceu na sala a correr:

" - Mamãããã eu fazi xixi na cuecas!
- Então filho... porquê?
- A pilinha esqueceu!"

[vídeo deste pequeno diálogo no instagram, aqui]

Segunda feira a Carolina acordou com um febrão. Já tinha tido febre no domingo ao fim do dia, e segunda feira acordou pior. Fiquei em casa com eles, e claro que saindo da rotina e ainda por cima doente, a coisa compôs-se para correr menos bem. Ele dormiu até tarde, e quando acordou quis logo vestir as cuecas. Distraiu-se duas vezes ao longo do dia. Ela, passou a manhã de fralda, porque dormiu a maior parte do tempo, ao meu colo, a arder em febre. Á tarde depois da sesta pediu as cuecas, mas como se descuidou com xixis duas vezes em pouco tempo, ela mesma pediu para pôr fralda, dizendo que "é milhó uma fauda mamã". Expliquei-lhe que não fazia mal, que era normal acontecerem estes descuidos, ainda por cima com ela doente, mas quis mesmo fralda, e fiz-lhe a vontade. Uns minutos depois, adormeceu novamente no sofá, e percebi o porquê do pedido.


Hoje, com ela mais arrebitada, embora ainda com febre, vestiram os dois cuecas logo de manhã. O primeiro "acidente" [como eles dizem], foi dela, e não foi xixi. Já se tinha queixado que doía a barriga, e já a tinha sentado na sanita umas duas ou três vezes, mas foi em pé e de cuecas, que conseguiu fazer o cocó. Depois de trocada, fez xixi várias vezes, e já perto da hora de almoço, depois de ter pedido para fazer cocó duas vezes e de não ter conseguido fazer, repetiu a dose. Ou seja, duas mudas de roupa e dois banhos. Da segunda vez não consegui conter-me e exclamei algo como "oh Carolina porquê? Foste à sanita e não fizeste e agora fizeste nas cuecas outra vez!?". Devo tê-lo dito com uma voz brusca [e nem sequer o devia ter dito de todo!], pois a reacção dela foi chorar. Abracei-a de imediato, pedi-lhe desculpa, disse-lhe que não fazia mal e que a mamã ia lavá-la e mudar a roupa e ficava tudo bem. [Errei, e pedi-lhe desculpa. Espero não voltar a reagir assim nestas situações!]. Nitidamente ela tem estado com alguma prisão de ventre, e a dificuldade em fazer cocó sentada foi maior, o que é normal. 

Havemos de ultrapassar tudo isto, e conseguir controlar xixis e cocós! Feito o balanço, acho que não está a correr nada mal! Quando se descuidam avisam de imediato, e pedem para trocar de roupa. Não ficam envergonhados, nem se escondem quando isso acontece. Nota-se nitidamente que têm pensado bastante no assunto, pois é comum perguntarem-me se têm cuecas e quando lhes digo que sim, pedem para ir fazer xixi! Quem precisa de auto-controlo sou eu, para nunca lhes mostrar decepção perante um descuido!

E agora, preciso ASAP de comprar algumas peças de roupa que facilitem o vestir e despir, para que andem de forma mais prática nesta fase de grandes mudanças!

3 comentários:

Carla Ganito disse...

Tenho estado a acompanhar atentamente o processo - obrigada pelas descrições pormenorizadas que têm sido muito úteis. Posso perguntar com que idade estão? Também tenho gémeas e já fizemos umas tentativas tímidas mas ainda com muito pouca convicção. Elas ainda estão em casa e com a quantidade de roupa que ainda usam e o pouco controlo que têm pareceu-nos prematuro. Elas pedem para ir à sanita mas muitas vezes não fazem nada.

Patrícia Bejinha disse...

Andei há pouco em compras de roupas mais leves e aboli tudo o que sejam calças com botões e fechos. =)
Com as meninas é mais fácil, qualquer trapinho lhes fica bem e uma saia então é do melhor. Com os rapazes torna-se mais difícil.

Vai correr bem!

Definitivamente São Dois disse...

Carla Ganito fazem 3 anos em Junho! Cada um tem o seu ritmo, e há que ter calma :) Se não estiverem ainda nesses registo não vale a pena insistir já! Beijinho!