Respirar! (LATERPOST!)

Que é como quem diz... já devia ter acabado de escrever este post há duas semanas! Mas aqui vai!
Na sexta feira dia 20 de Fevereiro, de malas e bagagens, rumámos a Sul! O pai foi participar no Grand Fondo do Algarve, e aproveitámos para fazer uma pequena escapadinha em família. Ficámos em casa de uns amigos, fizemos todas as refeições em casa, e viajámos por estradas nacionais, fazendo deste nosso fim de semana um verdadeiro fim de semana low cost! [obrigada F. e M.! Once again, you rule!]

Saímos na 6ª feira, por volta da hora de almoço. O almoço dos miúdos preparado e quente, para uma paragem técnica pelo caminho. O nosso, nem houve tempo para preparar, mas desenrascou-se qualquer coisa pelo caminho! Chegámos ao destino ao final da tarde, quase quase no pôr do sol, descarregamos só o essencial, e fomos direitos à praia! Não podia ser de outra forma! Os miúdos tinham que ir à praia! Um pôr de sol lindo, exuberante, uma praia vazia, só nós e as gaivotas, o barulho do mar, o cheiro a Verão... um fim de dia perfeito!



 O adormecer não foi tranquilo. Primeira noite dos miúdos numa cama que não tinha grades nem qualquer protecção, num quarto que não conheciam, numa casa que não conheciam... houve choro e ranger de dentes, estivemos com eles na cama cerca de 1h30 até que finalmente conseguissem adormecer. Deviam ser cerca de 3h da manhã, quando acordámos com o Daniel a chorar. Ouvimos chorar e de seguida sentimos que já vinha a caminho da nossa cama. O pai foi buscá-lo, trouxe-o para a nossa cama, e percebemos que tinha vomitado. Entre o desconforto que ele devia estar a sentir, e a aflição por ter acordado a vomitar, sentia-se completamente desalentado. Encostou a cabeça ao meu peito e chorou abraçado a mim. Trocámos a roupa, e deixamo-lo ficar na nossa cama. A irmã, que entretanto acordou também, quis vir também! E assim nos aconchegámos os quatro.  Adormeceram rapidamente. Cansados e com o consolo de estarem encostados a nós, deixaram-se vencer! Não deviam ser mais do que 4h30 da manhã quando a cena se repetiu. O Daniel acordou, levantou-se rapidamente, e vomitou! Nova sessão de limpeza, nova sessão de choro, e novamente todos a tentar adormecer. À terceira, já eram quase 6h da manhã, a Carolina juntou-se ao irmão! Cada um a vomitar para o seu lado, e nós sem mãos a medir para prestar assistência, sem lençóis para trocar, sem pijamas para trocar... Valeram-nos as collants e as longsleeves, e os pareos de praia que tínhamos levado e substituíram os lençóis. Desta vez, como o pai de saída para a prova de ciclismo, fomos os três para o quarto, para a cama deles, e deitei-me com eles. As horas seguintes foram passadas com eles a dormirem profundamente, embora bastante agitados, e eu em completo sobressalto, à espera que a qualquer momento um dos dois repetisse a cena. Não aconteceu. Acabei por me deixar vencer pelo cansaço e acho que adormeci também. Acordámos os três por volta das 11h30. O dia já ia alto, e apesar de acordarem indispostos, estavam sorridentes. Pediram leitinho. Dei-lhes o pequeno almoço, tomei também o meu pequeno almoço, e dediquei-me a lavar e estender roupa. Era necessário lavar tudo e estender a secar rapidamente! Não tinha roupas suplentes, e precisava do sol e do vento para me secarem tudo durante o dia!

Depois disto tudo feito, e já com tudo fartinho de estar em casa, perguntei se queriam sair! A resposta foi positiva! Apesar de ainda muito chochos (principalmente o Daniel), quiseram sair! Descemos os três, fomos ver a praia, fomos ao parque, fomos a pé ao supermercado, comprar bifes de peru para comerem ao almoço com arroz. No regresso a casa, parámos no carrinho do Noddy que estava à porta de um café à porta de casa. Por 1€ deram uma voltinha no carrinho, de sorriso rasgado! Enquanto andavam no carrinho, chegou o papá! Cansado, desejoso de um banho e se esticar no sofá, ainda teve que encontrar energia para responder às solicitações de duas crianças sequiosas de atenção!



Almoçaram, e não quiseram dormir a sesta! Deixámos, claro! Estava sol, tinham acordado tarde, e afinal de contas, até estávamos de férias, certo? Para quê insistir em rotinas e hábitos? Saímos os quatro! Passeámos na praia, apanhámos conchinhas, demos pão às gaivotas, andámos a pé pela terra. O Algarve nesta altura do ano é ainda melhor! O tempo já é super agradável, e a confusão habitual do Verão ainda é completamente inexistente. Para mim, vale muito mais uma semana por lá nesta altura do ano, do que em pleno Verão!

O dia terminou cedo, pois todos estávamos cansados. Depois de jantarem, foram para a cama, já com lençóis e pijamas lavados e secos, e acho que nem 5 minutos demoraram a adormecer. Dormiram toda a noite tranquilamente. E nós, confesso que também! No domingo, acordámos a ouvi-los conversar na cama. Acordaram e não se levantaram, ficaram os dois sossegados a conversar. Sorrimos, e constatámos que tínhamos dormido uma das noites mais descansadas que nos recordávamos dos últimos tempos! E quem bem que nos soube!





O domingo foi passado com toda a calma, entre muitos passeios a pé, praia, sol, parque infantil, tempo para ler, para descansar, para usufruirmos uns dos outros! A vida passa por nós a uma velocidade que não nos deixa parar. E parar apenas para podermos ser uma família, faz mesmo muita falta! Neste nosso fim de semana, sentimos que o conseguimos fazer!











Na segunda feira era dia de regressar! Ainda aproveitámos a manhã de sol, e depois de almoço, saímos, rumo a casa! Pelo caminho o tempo mudou completamente e se saímos de lá com um dia de sol, chegámos a casa com um dia cinzento e de chuva. Foi um bom fim de semana!



1 comentário:

sandra disse...

Fim de semana bem passado as fotos na praia estão lindas ,pena chegar ao destino e deparar logo com o frui,bjinhos