Posso escolher? Ou só posso sonhar?

Ando cansada! Apetecia-me ter umas férias agora pela Páscoa, para desligar do mundo, esquecer o trabalho, a empresa, a casa... fazer de conta que a vida é perfeita, que não tenho problemas para resolver [cuja solução ainda não consigo ver]. Não vou tê-las. A carteira não permite, e em última análise é sempre ela que manda em tudo nas nossas vidas. Mas hoje recebi este email e apeteceu-me sonhar. Não sonhei com férias já. Sonhei com férias no Verão. Aquelas pelas quais ansiamos todo o ano. Tenho saudades dos sorrisos dos meus filhos a brincar na areia, a dar "gogulhos", a fazer castelos...



Procurei em Tróia e na Comporta, na zona do Sotavento Algarvio (Mantarota, Montegordo), e na Meia Praia em Lagos. Gosto de Praias amplas, com areal a perder de vista, onde se possa escolher onde queremos ficar, sem a necessidade de estarmos "em cima" de quem já lá estava, ou de nos sujeitarmos a ficar com quem chega em seguida "em cima" de nós. [sim! na praia, sou antisocial! Gosto de estar sossegada!]. 



Depois atrevi-me a sonhar um bocadinho mais alto, e "voeei" até Porto Santo! Só fui a Porto Santo uma vez, numa passagem de ano algures por 2006 [acho]. Não estava numa boa fase da minha vida, mas adorei a ilha! Tem pouco que fazer, é pequenina, e tem praias de areal imenso e água azul turquesa! Perfeito! Desde então que tenho vontade de lá voltar em pleno Verão. De poder experimentar aquelas praias, e passar uns dias ao Sol. 

Terminei em Menorca, onde já passei férias com os meus pais há uns bons anos atrás, e que recordo que na altura me deixou a pensar no quanto era um destino de férias perfeito para um casal com filhos pequenos. [longe que eu estava nessa altura de pensar em ter filhos!]. Praias com águas quentes, onde só de perde o pé bem longe, e onde as crianças podem brincar em segurança. Gostava de um dia lá voltar!


Este ano não vamos ter férias. Ou melhor, vamos, mas teremos mesmo que ficar por cá. Haveremos concerteza de encontrar outras opções, que nos permitam descomprimir com os miúdos sem termos que nos afastar de casa. Há opções que temos mesmo que tomar, e se um dia pudermos dar a volta a tudo isto e ter uma vida mais descansada, é com os sacrificios que fazemos agora. Afinal, não é isso que fazemos todos neste país?

[As fotos são todas das nossas férias de Agosto passado, onde passámos duas semanas maravilhosas, na Mantarota, num apartamento alugado através do site que me fez passar este bocadinho a sonhar porque me enviou uma newsletter.]

1 comentário:

Rute disse...

Tou a adorar este blog ;)