#28 Solidariedade | Cachecóis solidários (e lindos!)

Quando chegamos a esta altura do ano, começo a usar os meus muitos lenços, cachecóis, echarpes. Basta um lenço bonito e algumas peças básicas, para compôr um look! Hoje por exemplo, combinei algumas peças lisas e de cores básicas, com uma echarpe em tons de azul, branco e vermelho, que faz toda a diferença no look!

Na semana passada recebi informação sobre uma campanha que se inicia hoje, e que me deixou interessada. Uma campanha que permite adquirir uma peça lindissima, feita de forma artesanal, e por isso com um valor acrescido, e ao mesmo tempo, ajudar as mulheres e crianças dos bairros marginalizadaos de Bombaim. E o que pode ser melhor do que mimarmo-nos a nós, enquanto ajudamos pessoas que não conseguem sequer imaginar ter uma vida como a nossa? Para mim, é um de cada se faz favor! Não consigo decidir qual é a cor que gosto mais!
A top model espanhola Judit Mascó desenhou dois novos cachecóis que serão vendidos exclusivamente em www.Showroomprive.pt entre os dias 13 e 19 de Outubro de 2014 para a marca de comércio justo de Oxfam, Veraluna.

O dinheiro da venda desta campanha reverterá integralmente para a cooperativa de mulheres Creative Handicrafts da Índia.

Judit Mascó optou por escolher para esta nova coleção, composta por 2 cachecóis, de cor azul ou castanha, um algodão 100% Batista originário da Índia.
“Existem muitas mulheres e crianças que vivem em bairros marginalizados de Bombaim abaixo da linha da pobreza. Muitas delas sofrem de discriminação social, são maltratadas e não têm possibilidades para sustentar as suas famílias. Decidi colaborar com esta causa que está diretamente ligada à minha profissão como modelo e desenhar estes cachecóis fabricados pelas mulheres da Índia para tentar mudar a história destas mulheres e crianças. Para que tenham condições de vida dignas”, indica Judit Mascó.
Showroomprive.pt, o clube de vendas privadas online líder em Portugal (segundo na Europa) e especialista em moda e artigos para a “digital woman”, colocará à venda em Portugal esta primeira coleção de cachecóis, que serão vendidos a um preço único de 10 euros. Todo o dinheiro da venda será doado à Oxfam que a utilizará para financiamento da cooperativa de mulheres Creative Handicrafts. Os gastos de envio serão gratuitos para os compradores sendo assumidos integralmente pela Showroomprive a fim de contribuir para o êxito desta ação.
A cooperativa de mulheres Creative Handicrafts, luta para proporcionar um meio de vida às mulheres marginalizadas organizando programas de formação e microcréditos. Graças a estes programas, as mulheres podem tornar-se empreendedoras, produzir e vender roupas e acessórios e superar a marginalização económica e social. A produção e venda dos cachecóis desenhados por Judit Mascó contribuirá diretamente para que as mulheres da cooperativa Creative Handicrafts possam ser autosuficientes economicamente e melhorem as suas vidas e a das suas famílias. Também, e graças ao que recebe a cooperativa pela venda dos cachecóis e outros artigos de moda, as mulheres contam com o acesso a serviços de infantário, escolas primárias e de entrega de alimentos para elas e para as suas famílias.
Esta não é a primeira incursão da Oxfam na Moda de Comércio Justo. A organização lançou a primeira coleção da sua marca Veraluna Comércio Justo, na primavera-verão 2012. Hoss Intropia, também foi um grande apoio tanto para a Oxfam como para a Creative Handicrafts, desenvolvendo produtos que comercializaram nas suas lojas e apoiando economicamente na construção do novo edifício onde se localiza a Creative Handicrafts.
Relativamente à Showroomprive, a empresa colabora de forma regular na luta para a obtenção de uma melhor qualidade de vida para as mulheres participando em ações sociais como a presente e na luta pela escolaridade das crianças como a da recente ação “La Flamme MarieClaire” desenvolvida em França.
Sabia que..?
Os tecidos feitos com “algodão Batista” têm 100% de fibras de algodão. O termo batista teve origem no século XII quando o francês Juan Bautista o popularizou, embora este tipo de algodão natural e de altíssima qualidade se utilize desde o Neolítico.

Sem comentários: