Uma espécie de terapia

Depois de ter tomado a decisão de ontem ir laurear a pevide para o VFNO, aconteceu um imprevisto que exigiu a minha atenção, que me preocupou e acabou por me fazer ficar por cá. Acabei a fazer jantar, com o cabelo arranjado, a roupa escolhida atirada para cima da cama, e a maquilhagem começada mas não acabada, por tirar.

Hoje acordei cansada, depois de uma noite mal dormida, e passei a manhã com dor de cabeça, rabugenta, e a apetecer-me enfiar a cabeça na areia. Como não podia, trabalhei, e assim que a hora de sair chegou, voei para casa!

Almocei, tomei um clonix, e instalei-me no sofá. A terapia, foi decidir-me a pesquisar as coleções outono-inverno 2014, e escolher os looks que compraria, se tivesse um cartão MB com saldo para compras! A minha terapia ainda não está concluída com uma só sessão, mas prometo que muito em breve vos ponho a par das minhas escolhas. 

Para já, com esta sessão, fiquei ainda mais convicta de que deste inverno não pode passar! Preciso urgentemente de comprar uns botins, provavelmente camel. Pensei também que é capaz de ter chegado a hora de dar uso a retalhinhos e rendinhas que guardo há anos, e transformar as minhas camisolas de malha... 

Vou investigar mais um bocadinho! Mas vejam lá se não acham que isto me ia ficar bem?

(Springfield - Fall/Winter 2014)

2 comentários:

rita sevilha | clementina disse...

Ficava-te lindamente :)

Definitivamente São Dois disse...

Era a minha cara, não achas Rita? :) beijinho