Sabe se pode ser dador de sangue?

Já vos tinha falado aqui, sobre a 13ª campanha do Instituto Português do Sangue e Transplantação e da Mundicenter. Ontem, ao fim do dia, lá fui eu ao Amoreiras Shopping Center, com o objectivo de fazer a minha doação.
Antes de qualquer doação, é necessário preencher um questionário bastante completo, que refere as condições para ser doador. Já conhecia as restrições mais "normais", mas descobri algumas que desconhecia totalmente. Foi neste grupo, que se enquadrou a condição que me impede de continuar a ser dadora: Já recebi uma transfusão de sangue.
Tinha ideia de que as transfusões seriam limitativas, mas sempre pensei que seriam como as tatuagens e os piercings, em que após um determinado tempo de os fazer, podemos continuar  como dadores. Mas não! No caso das transfusões, ficamos completamente eliminados! Fiquei tristíssima, confesso. Sentir que já não posso, com uma acção tão simples, ajudar a salvar vidas, ainda por cima depois de saber na 1.ª pessoa o que é precisar de receber sangue (e no meu caso, ter sangue disponível para receber!), deixou-me mesmo muito triste.
Comigo estava a Susana, e a Paula Lobo Antunes - cara da campanha (ao lado de Diogo Morgado), e nenhuma de nós pode ser dadora (cada uma pelo seu motivo). 
Assim, venho deixar mais informação sobre os requisitos para poderemos dar sangue, porque acho que a maioria de nós não tem bem noção de quais são! Aproveito para vos pedir, que caso reunam todos os requisitos, vão até um Shopping Mundicenter até sábado dia 12, e façam a vossa inscrição no banco de dadores! Não custa nada, perdem 15 minutos, e com o vosso sangue, podem estar a salvar 3 vidas! Já pensaram nisso? Ajudem-me a sentir um bocadinho menos triste, e tornem-se dadores! Vá! Conto convosco!

Podem dar sangue se tiverem bom estado de saúde, hábitos de vida saudáveis, peso igual ou superior a 50kg e idade compreendida entre os 18 e os 65 anos. Para uma primeira dádiva, o limite de idade é aos 60 anos.

Não dê sangue se:- alguma vez utilizou drogas por via endovenosa.
- teve contatos sexuais a troco de dinheiro ou drogas.
- sendo homem ou mulher, teve contatos sexuais com múltiplos(as) parceiros(as).

se foi parceiro sexual de:
- qualquer dos grupos anteriores.
- seropositivo para o Vírus de Imunodeficiência Humana – VIH.
- portador crónico do Vírus da Hepatite B e Hepatite C – VHB, VHC.

 e, ainda se:
- tem história familiar de Doença de Creutzfeldt-Jakob e variante – DCJ, vDCJ.
- fez tratamento com hormona de crescimento, pituitária ou gonadotrofina de origem humana.
- fez transplante de córnea ou dura-máter;
- fez transfusão.
- tem Epilepsia, Diabetes insulino-dependente ou Hipertensão grave.
 - teve parto nos últimos 6 meses; está a amamentar (adiar 3 meses após cessar o aleitamento).
- foi operado nos últimos 4 meses (6 meses caso tenha tido complicações).
- fez endoscopia nos últimos 4 meses.
- fez tatuagem ou piercing nos últimos 4 meses.
- fez tratamento dentário (por exemplo extração dentária) há menos de uma semana.
- teve um novo(a) parceiro(a) sexual nos últimos 6 meses.

Mais informações, no site do IPST

Fotos de Pau Storch - Magma Photo

3 comentários:

Patrícia Bejinha disse...

Sara, por acaso sabe informar-me acerca do porquê de tanta restrição? Não é suposto que todo o sangue doado seja sujeiro a rigorosas análises antes de poder ser utilizado? Quanto bom sangue não está em todos que já receberam transfusões?

Timido disse...

Eu não vou ao Shopping porque qualquer um desses me fica mais fora de mão, mas esta semana já fez os 3 meses que fiz a ultima dádiva, por isso faço intenção de ir ao Hospital Amadora Sintra cumprir o meu dever civico...

Definitivamente São Dois disse...

Patricia sinceramente não sei... mas vou tentar saber! Beijinho