Das ordens em voz de comando

A cada dia que passa, o vocabulário do Daniel e da Carolina ganha palavras novas. Começam a construir frases, a dar a entoação que querem a cada expressão, a aprender que podem brincar com as palavras... A expressar-se cada vez melhor!

Ontem, vínhamos a regressar a casa a pé, ao final do dia, com eles às cavalitas. Numa zona onde o transito é pouco ou nenhum, e numa tentativa de aliviar os ombros, perguntámos se queriam ir ao chão. A Carolina disse logo que sim, mas o Daniel não quis. Continuámos a andar, e fomos fazendo conversa com ele:
"- Daniel, olha a mana a andar pela rua de mão dada. Tu também devias vir ao chão, já és um menino crescido..."

E ele nada! E nós fomos insistindo, a tentar convencê-lo, até que se ouve uma ordem em tom de comando:

"Nanéu, chão!!"
Escusado será dizer que desatámos todos a rir!! Carolina e Daniel incluídos!

Hoje, estava eu a chamá-lo, já nem sei porquê, e repete-se a cena:

"Nanéu, mamã!"

Mas desta vez, juntou um dedo indicador espetado em tom ameaçador! E ele veio ter comigo na hora!

Irá esta miúda para o exército??

Sem comentários: