Gatos

Para quem segue este blog, não é novidade que lá em casa temos 2 gatos! O Sushi, um macho de cerca de 8 anos que adoptei há 7 anos. E a Yoga, uma gata de 5 anos que adoptei bebé! Regra geral não tenho tido problemas nenhuns com eles. Fazem as asneiras normais de gato, mas são meigos e asseados.

Há cerca de duas semanas, começámos a descobrir xixi de gato fora do caixote... acabámos por ter que deitar para o lixo o puff de pele da sala, e a piscina insuflável dos miúdos. Depois da fase de detectar qual dos dois era e de ralhar, percebemos que o Sushi estava doente. Foi-lhe diagnosticada uma infecção urinária. Ração especial, antibiótico, muita água... e paciência. Chegar a casa ao fim do dia, e algumas das vezes andar a cheirar cada canto da casa para perceber se é preciso lavar com lixivia. Andar a enfiar cápsulas de Furadantina pela goela abaixo a um gato. Todo um procedimento apetecível que me tem acompanhado nos ultimos dias!

Mas, os animais não são só para aquecer as pernas e fazer festinhas quando estão bons de saúde! Os animais são nossos, fazem parte da nossa família, e merecem todo o amor e carinho. Por muito que não me apeteça passar a vida a lavar a casa de banho com lixivia, a mudar o areão, a esfregar a banheira, a enfiar-lhe furadantina pela boca abaixo... é o meu gato! Não vou deixar de o tratar só porque está doente e me dá muitissimo mais trabalho do que é hábito!

Por isso um dos meus desejos de Natal, é que o meu Sushi melhore e volte a ser o gato de sempre!

(Se alguém souber de uma farmácia que tenha stock de Furadantina avise pff! Está esgotadissima e ainda não consegui arranjar, e o tratamento devia ser de 1 mês e só tenho comprimidos para mais um dia!)

Sem comentários: