O melhor dos meus dias!

Os últimos dias têm sido dificeis. O cansaço começa a chegar a níveis elevados, e tudo o resto acaba na enchurrada. Mas esta semana, o melhor dos meus dias, tem sido sem sombra de dúvida, ir buscar os meus filhos à creche, ser recebida de braços abertos, com abraços e beijinhos de quem estava a morrer de saudades da mamã, ver a Carolina a andar cada vez melhor, progredindo todos os dias, ver o Daniel a esforçar-se muito para acompanhar a irmã, tê-los a dormir nos braços, enroscados em mim. 
E os momentos a dois, enroscada com o marido, à lareira, só assim, ali, sózinhos os dois, quentinhos e abraçadinhos.
Isso sim são as coisas que nos obrigam a não ir abaixo!

Sem comentários: