O melhor do meu dia (28.11.2013)

Pode ser o melhor, mas a dada altura pode ser também o pior!

O melhor é, à noite, no sofá, de lareira acesa, ter o Daniel ao colo, peito contra peito, a dormir. Ter o meu nariz enterrado nos caracóis com cheirinho a Mustela, quentinho, aconchegado, doce...

e por outro lado:

... perceber que sempre que o tento deitar desata num berreiro de morte, e que só se cala se ficar ao colo ou na cama dos pais. Perceber que está a ficar cada dia mais manhoso, e que se não tenho mão nele agora... perco a oportunidade! Passar mais uma noite praticamente sem dormir! 

(Esta noite vais chorar filho, mas vais dormir na tua cama a noite toda! Ah vais!)

3 comentários:

Lena disse...

E fazes bem! E acredita que vais passar um fim de semana complicado, mas que ele vai perceber que não há nada a fazer!

Uma dica: deita-o na cama acordado e diz-lhe 10.000 vezes que é ali a cama dele e que é ali que vai dormir, e não o levantes, acalma-o mas não o tires de lá. E faz isto até que ele perceba que é mesmo ali que vai ficar toda a noite.

Houve uma época (já com uns 3 anos, talvez) apareciam no nosso quarto a meio da noite. Mas lá em casa não dá para dormirem connosco porque nós não conseguimos descansar. Então com toda a naturalidade começamos a estabelecer uma hora em que os aceitavamos na nossa cama (6H00), porque como nos levantamos às 7H00 seria perder tempo estar a leva-los de volta etc. etc.
Interiorizaram tão bem que mais tarde quem aparecia perguntava "já são horas de poder dormir aqui?" e se dissessemos que não voltava para o quarto. :)
Para os teus ainda é cedo, mas não desistas de o ensinar a dormir no seu espaço.

Ruti disse...

Depois de ler e me identificar a 100% com o problema com o pequeno Daniel não pude deixar de comentar. Também eu tenho um Daniel com 18 meses e andamos na mesma. Está a descansar no meu colo, assim que o deito parece automático, começa o choro, berraria, chega mesmo a acordar e se levantar. Mas tenho sido firme, e entre falar com ele para acalmar, dar-lhe festas e a mão para sentir que estou por perto, no fim acaba por adormecer. As noites umas vezes dorme seguido outras não. Mas faço sempre o mesmo e tem melhorado de noite para noite.

Definitivamente São Dois disse...

Obrigada Lena e Ruti! Tenho novos que tenho que ser incisiva e fazê-lo entender, mas no meio do cansaço é roa fácil quebrar... Mas da próxima vez tenho que conseguir! Beijinhos