O melhor do meu dia (08.11.13)

Por volta das 16h, pela mão do pai, os meus filhos chegaram a casa. Deve ter sido a 1a vez que não fui eu buscá-los à creche. De cama nas ultimas 24 horas, saltei dela assim que os ouvi, e desci a escada o mais depressa que consegui.

O melhor do meu dia, foi senti-los tão saudosos da mãe, só por ter estado mais "ausente" nestas ultimas horas. Quererem mamar ao mesmo tempo, quererem colo ao mesmo tempo, quererem mimo ao mesmo tempo. E eu a querer enche-los de beijos, cheirá-los, abraçá-los, recuperar o tempo perdido!


Sem comentários: