Gostava...

... de conseguir escrever só sobre coisas giras, animadas, dar sugestões de programas em família, contar episódios cor de rosa de uma vida cor de rosa.

Gostava, mas não consigo. A minha vida não é cor de rosa. E nem sequer está a passar por uma fase cor de rosa.

Os factores de desmotivação são muitos e destabilizam a tranquilidade com que queria sempre saber gerir a vida familiar.

Hoje sinto-me particularmente desanimada, frustrada, injustiçada. Sinto que me roubam a oportunidade de ter tempo para os meus filhos. Sinto que me roubam (mais uma vez!) parte do meu ordenado, com abusos e sobrecargas, quando quem devia apertar o cinto, por vezes até acaba a comprar cintos maiores!

Hoje tinha tanto para vos escrever e tão pouco tempo e tão pouca inspiração para o fazer.

Passei a manhã inundada em preocupações, apreensões, indecisões... Sinto que preciso de dar uma grande volta à nossa vida, para bem da nossa família, mas não vejo forma de a alcançar! Não vejo neste país, oportunidade de mudança, oportunidade de prosperidade, oportunidade de crescimento. 

Estou cansada disto!
Preciso de tranquilidade!

4 comentários:

Filipa & os 7 Oficios disse...

Pois é amiga eu tambem estou muito desanimada com tudo isto.
Mas eu não vou desistir e vou continuar a lutar pelos nossos direitos que nos estão a tirar...

Soinita disse...

Confesso que tenho receio de ver onde isto vai parar. Todos os dias por qualquer lado só se ouve/lê sinais da maldita crise. São cortes e mais cortes.
Quem está desempregado procura, procura e sempre sem sucesso. Ou quando surge uma oportunidade a retribuição não está nem perto do que deveria ser para alguém que é especializado ou se esforçou durante anos para o conseguir ser. Exploração... muita!
A juntar a tudo isto, há ainda a exploração do tempo. Os pais deixam os filhos cada vez mais tempo na creche porque saem cada vez mais tarde do emprego. Passam cada vez menos tempo de qualidade com os filhos. E isso, assusta-me. Mesmo!

Miss Clementina disse...

Há dias assim, que estamos tão exaustos de lutar que só apetece atirar a toalha ao chão...nesses dias, o melhor é parar e descansar a cabeça para carregar baterias. Dar tempo ao tempo, porque lutar contra injustiças cansa e às vezes é preciso assumir esse cansaço. Mas desistir, nunca, porque isso é compactuar com quem nos rouba a cada dia! Beijinhos e força Sara!

Definitivamente São Dois disse...

Obrigada Carla, Soinita e Rita! É certo que está tudo mal, e que há dias menos bons, mas também é certo que aparece sempre alguém para nos dar uma força! Obrigada miúdas! Beijinhos