Dê vitaminas à sua familia!

A convite da IGLO, no sábado, logo de manhã rumei a Lisboa, ao maravilhoso CS Vintage Lisboa Hotel, para participar no Workshop "Dê vitaminas à sua familia!". Uma sala cheia de bloggers bonitas e simpáticas, que criou um ambiente muito giro e descontraído!

Começámos com dicas da Dr.ª Zélia Santos, da Associação Portuguesa de Dietistas, que para além de nos apresentar os resultados de um estudo sobre os benefícios dos vegetais e leguminosas na alimentação das familias Portuguesas, nos explicou a importância de adoptarmos estes hábitos saudáveis, e nos falou nas vitaminas que podemos encontrar em cada alimento.


 
Na foto, a Catarina, a Ana, a Sofia, eu e a Marta.

No geral, todas nós já adoptávamos uma alimentação saudável, mas há sempre alguns pormenores que acabamos por aprender. Das dicas que registei, algumas que já seguia, e outras que vou tentar passar a seguir, saliento por exemplo:

    1. Uma panela de sopa, com 1,5L/2L de capacidade, deve levar apenas 1 colher de sopa de azeite, e adicionado apenas no fim da cozedura; (Esta eu faço!)

    2. Depois de cozinhar a sopa, devemos arrefecê-la rapidamente, por exemplo, dentro da cuba do lava-loiça em água ou gelo, para impedir a proliferação de microorganismos potencialmente nocivos; (Normalmente coloco-a logo no frigorifico, embora isso provoque um aumento de consumo energético para manter o frio)

    3. Os fritos não são completamente desaconselhados. Podemos e devemos adoptar a nossa tradicional dieta mediterrânica, e consumir alimentos fritos, embora com frequência moderada. O ideal será uma vez por semana; (Por opção, não faço fritos em casa! Mas apenas pelo trabalho que dá, e pelo cheiro que deixa!)

    4. As leguminosas só devem ser introduzidas na alimentação, após os 12 meses de idade. Apenas nesta fase, o sistema gastro-intestinal está preparado para as processar; (Eu introduzi mais cedo, em pequenas quantidades e na sopa)

    5. Muitas vezes, os alimentos ditos "frescos", já não estão assim tão frescos, pois o tempo que demoram a chegar a nossa casa faz com percam propriedades. Daí que, os produtos congelados, possam ser mais ricos em vitaminas do que os frescos; (Concordo, embora no meu caso, consumo produtos maioritariamente oriundos de um cabaz biológico, cujo tempo de transporte é minimo)

    6. Refeições cozinhadas em casa, podem ser congeladas para consumo posterior, desde que em recipentes adequados para o efeito. (Nada de caixas do chinês!)

Depois da vertente teórica, lançámos mãos à obra, e com a ajuda do Chef João Garcia, confeccionámos pratos saudáveis e deliciosos, que depois saboreámos ao almoço!
 
 
 
 


 
A ementa foi a seguinte

 Quiche de Legumes
 Nuggets com puré de ervilha e arroz cremoso de esparregado
 Lombinho de salmão com estufado de favas, caldo verde salteado e arroz basmati
Frutos vermelhos com mascarpone e poejos e bola de gelado
 
Um agradecimento à IGLO pelo convite, à Associação Portuguesa de Dietistas, ao Vintage Lisboa Hotel  por nos receber, e um beijinho especial à Nádia, por ter organizado um evento tão agradável!

Á despedida, eu, a Marta, a Sofia e a Conchinha! Obrigada Sofia pelas fotos!

Sem comentários: