Lides domésticas

Quem me segue regularmente, sabe que com 15 meses, os meus filhos ainda mamam! Regra geral, apenas ao pequeno almoço e ao lanche, mas lá vai havendo um dia ou outro em que durante a noite acordam e para os calar e voltar a adormecer, nada melhor do que uns minutos de mama!

A lei Portuguesa prevê que após os 12 meses de idade dos filhos, as mães que ainda amamentam possam continuar a usufruir de redução de horário para esse fim. Para tal, é necessário apresentar mensalmente, à entidade patronal, uma declaração médica atestando a condição. É isso que eu faço, e por isso mantenho a minha redução de 2 horas e meia por dia, no horário de trabalho.

Esta redução de horário é-me preciosa para conseguir dar andamento ás lides da casa. Roupas, comidas, marmitas, limpezas e afins. 

Quando eles foram para a creche, com 7 meses, chegavam a casa tão cansados que ficavam deitadinhos nas espreguiçadeiras a ver Baby TV e davam-me a possibilidade de fazer tudo!

Entretanto foram crescendo, e houve uma fase em que brincavam dentro do parque, e eu ficava descansada! 

Depois começaram a gatinhar. Consegui por um tempo limita-los espacialmente na sala, colocando algumas barreiras físicas que na altura ainda não conseguiam transpôr, e mesmo que por vezes contrariados, por lá ficavam a brincar. 

Á medida que o tempo passa, as exigências em termos de atenção têm vindo a aumentar. Deixaram de querer estar sozinhos, preferem percorrer a casa  atrás dos meus pés, trepar pelas minhas pernas acima, tentar tirar coisas dos armários, entre outros.

E eu, vejo-me e desejo-me para conseguir até à hora do jantar deles, pelo menos, arrumar as coisas da creche, preparar o jantar deles, fazer as camas. Pelo menos! O resto até posso fazer depois de os deitar! 

Hoje consegui escapulir-me para o primeiro andar pouco depois de chegarmos a casa, e dei uma bela arrumadela nos quartos! Preparei roupas para amanhã, organizei umas quantas coisas que estavam mesmo a pedir! Fui espreitando para baixo sem que me vissem, e a coisa nem correu mal! Ok! Quando desci, o router estava no chão, as chuchas arrumadas dentro do cesto das pinhas (e se demorei a encontrá-las!), algumas das pinhas no chão, um armário da sala aberto (e não havia loiça de Natal espalhada no chão porque não lhes apeteceu!), todo o conteúdo de brinquedos existente dentro do parque espalhado no chão, o catálogo da vertbaudet em avançado estado de degradação... E era só! Nada de grave!

Lá dei uma geral, e fui tirar a loiça lavada da máquina, para poder colocar lá dentro a loiça do pequeno almoço que repousava no lava loiça desde cedo. E eles, seguiram-me claro! E podiam ir para a janela ver a rua, levar um brinquedo para a cozinha e brincar, mas não! Preferem sem duvida nenhuma, tentar enfiar-se dentro da maquina de lavar loiça, ou tirar pratos de loiça lá de dentro, ou (pior ainda!) tirar facas de corte! Portanto, eu que gosto de tirar e arrumar a loiça de forma metódica e organizada, optei por despejar a maquina em cima da bancada a monte, fechar a maquina, e depois, arrumar tudo sem que eles lhe possam chegar!
Tenho para mim que isto vai sendo cada vez mais difícil!

4 comentários:

EG disse...

Olá!
Também ou mãe de gémeos, no meu caso de gémeas!
As minhas princesas já têm 8 anos (quase 9)... tenho um blog desde a gravidez... se interessar, podem procurar no facebook por Gémeas Mel... ou diretamente no blog: http://gemeasmel.blogspot.com
Felicidades!

Maria João Lopes disse...

Se vai complicar!!! Mas se até à data conseguiste dar conta do recado, como super mãe que tens sido, garantidamente vais conseguir superar o que se avizinha! Parabéns por tudo o que tens conseguido e muitas felicidades!

Definitivamente São Dois disse...

Olá! Obrigada :) já fui ver o seu blog! Vou andar a espreitar! Beijinhos

Definitivamente São Dois disse...

Calculo que seja sempre a complicar talvez até casarem! :) mas melhor ou pior, haveremos de lhes dar a volta ;) beijinho