Dia não com final sim

Hoje previa-se um dia difícil. Depois de uma noite com 2h de sono por causa de trabalho, o marido saiu de casa ás 7h30 para ser submetido a uma cirurgia ao ombro direito por volta das 11h.

No último dia de Algarve, a Carolina adoeceu, e nem com brufen e ben-u-ron estava a melhorar. Hoje regressavam à creche, e ela acordou super em baixo, só a lamuriar-se e a querer aninhar-se ao colo. Levei-os, deixei-os ao colo, a comer bolachas depois de umas queixas quando a Sofia e a Rita lhes pegaram. Acabei por sair com o coração apertado por deixar os meus pequeninos na creche sem vontade (deles e minha!) e ainda por cima com a Carolina doentinha.

Fui para o hospital, e por pouco não consegui dar um beijinho ao marido antes de ir para o bloco. Instalei-me no quarto a ler, à espera do SMS a dizer que podia ir para o recobro. Quando o SMS chegou, fui a correr, e lá fiquei até o levarem para o quarto. Fiquei parte da tarde com ele, mas os meus pequeninos estavam na creche e pela primeira vez ficaram até ás 18h e lancharam lá! Não fui dar-lhes mama à hora do lanche... pela primeira vez. 

Quando cheguei estavam no recreio, ao colo, com uma carinha cansada mas sorridentes. O tio Gabriel e o avô Rui (que tinha ido buscar o filho e ficou a mimar os netos), estavam ao pé deles. Trouxe-os para casa, preparei o jantar, e fomos para o Dr. Cabrita. Diagnostico: constipação! Amoxicilina durante 5 dias e fica fina. Se o irmão copiar os sintomas, repete-se o tratamento! Tirando isso, e antecipando 1 semana a consulta dos 15 meses, estão bem e recomendam-se! Valeu a ajuda do avô Caldeira e da avó Isabel, escada acima, escada abaixo, que isto de morar num terceiro andar sem elevador tem muito que se lhe diga!

Jantaram, tomaram banho, e caíram de maduros na caminha. Ás 23h fui dar o antibiótico à Carolina, que o tomou todinho sem acordar! 

O papá, que dormiu grande parte da tarde, começou finalmente a sentir a mão e o braço. Ainda não tem dores, o que é positivo!

Vou ver o meu email, e recebo um mimo dos bons! 

"Querida Sara!
Sei que hoje devem estar a precisar de um miminho…
Segue então o preview.
Diga-me (sinceramente) se gosta.
Eu adoro.
(...)"

E o miminho foi como um elixir... Os meus olhos brilharam e só com esta pequena amostra fiquei convencida de que valeu tanto a pena! É disto que falo quando digo que uma foto perfeita capta a essência de quem nela aparece. Obrigada Rita por iluminar este dia cinzento com tanta cor!