Pontos de vista

Olho à volta e vejo:
Pessoas que se insurgem porque a Pipoca escreveu uma piada no facebook;
Pessoas cujo maior problema na vida é que a Zara tem uma túnica linda na publicidade e ainda não está disponível nas lojas;
Pessoas que alimentam uma novela sobre bloggers que copiam bloggers;
Pessoas que se enfurecem porque as praias da Costa estiveram interditas a banhos;
Pessoas que têm como objectivo do dia decidir a que discoteca vão à noite;
Pessoas que se lamentam porque só têm férias em Setembro;
Pessoas que se lamentam porque não tiveram dinheiro para viajar nas férias;
Pessoas que dizem mal da sua vida porque o vizinho trocou de carro e eles não;
Pessoas cujos dramas são quem é expulso do Big Brother VIP (pasmem-se! Descobri que isto existia na 5a feira passada e fiquei chocada com o calibre cada vez mais degradante da TV portuguesa!);

E podia continuar a lista, mas tornar-me-ia demasiado azeda! E arranjarem coisas realmente importantes com que se preocupar?! 

No facebook corre a divulgação de um caso, em que a mãe - Paula Castro, conta o que sucedeu quando na semana passada, na CERCISA, lhe disseram que por decisão do governo o seu filho autista de 17 anos não poderia lá continuar, e teria que ficar em casa no próximo ano lectivo. Recomendam que lhe aumente a medicação e o deixe em casa um ano a dormir. Há centenas de apelos de mães que pedem toda e qualquer ajuda para batalhar contra a leucemia dos seus filhos. Há pessoas que já tiveram vidas normais e agora, face à conjuntura, passam fome para ter o que dar de comer aos filhos. Há pais que por perderem a casa, vivem na rua, e entregam os seus filhos em instituições para que tenham apenas um tecto.

Se calhar, antes de darem tanto ênfase a problemas de treta, deviam pôr a mão na consciência e olhar à volta! 

1 comentário:

Bicharocos Carpinteiros disse...

Pois é...
Prioridades...
(obrigada por este post.)