Da febre do Daniel!

Depois de duas noites e duas manhãs com febres altas, depois de muitos banhos de água tépida, toalhas e compressas na testa e ombros, ben-u-ron, água, colo e mimos... ontem ao final da tarde, fui com ele ao centro de saúde.
 Não tinha qualquer outro sintoma que justificasse a febre, a hipótese de ser golpe de calor, dado que a temperatura continuava a subir e persistia, foi descartada, pelo que tinha que perceber o que se estava a passar com o meu filho. Deixei a irmã a brincar com o tio, sob supervisão do avô, e fui com ele à médica.
 Foi observado da cabeça aos pés, e não se descobriu rigorosamente nada! Nem inflamações de garganta, nem de ouvidos, nem brônquios, nem pulmões, nem nada na pilinha (que como foi "mexida" podia ser a causa da febre), nem gânglios inflamados... nada! A conclusão a que a Dra. chegou, foi que só poderia ser reacção à vacina da passada 6ª feira, ou uma infecção urinária, sendo que a ultima hipótese era coisa para a qual ela nem se inclinava muito.
 Mandou-me vigiar, dar ben-u-ron e em caso de necessidade brufen, dar bastante água e tentar arrefece-lo quando a febre subia. Se fosse reacção à vacina, entre hoje e amanhã deveria passar. Se persistisse, recomendou-me que fosse a uma urgência hospitalar, pois seria melhor fazer uma análise à urina, para pesquisar infecção urinária.

A noite foi mais tranquila, não houve queixumes nem acordar a ferver ás 3 da manhã, e o amanhecer também! Nada de febre, e a boa disposição de volta! Todo o caminho de casa à creche foi a palrar! Tenho o meu filhote de volta!

Sem comentários: