Creche - Dia 3

E depois de uma noite tranquila, em que toda a gente dormiu na cama certa, e até amanhecer, chegou o 3o dia de creche!

Deixei-os lá por volta das 10h30, e já não me custou nada. Pode ter sido só hoje, e amanhã pode voltar a custar outra vez, mas hoje não custou! Deixei-os nas espreguiçadeiras, um ao lado do outro, e ficaram muito tranquilamente ao pé dos outros meninos.

Quando voltei para os ir buscar, ás 13h30, fui informada de que a Carolina comeu muito bem, mas o Daniel não comeu nada! Segundo as auxiliares, fechava a boca com força. (Ah como eu conheço isso!). Como até agora eu ainda não me tinha lembrado de falar nesta situação, elas não insistiram.

Ora então, passei a explicar o meu procedimento habitual para o obrigar a comer! Obriga-lo a abrir a boca forçando com a colher, e em casos mais dramáticos, assim que lhe enfio a comida na boca, tiro a colher e ponho a chucha. O ritmo colher/chucha/colher, faz com que ele ao chuchar engula a comida, e lá acaba por comer. Amanhã na hora de almoçarem, vou lá estar para dar a comida ao Daniel e exemplificar o meu procedimento habitual! Assim, na 6a feira elas já podem dar-lhe a volta facilmente.

Quando lá cheguei, o Daniel estava no tapete de actividades, muito satisfeito a brincar no ginásio. A Carolina estava na cama a dormir! (Vê-se bem quem adormece rápido à noite e quem fica a palrar até ás tantas!).

Mudaram fraldas, calçaram-se, vestiram casacos e casa! Escusado será dizer, que 2 minutos depois de saírem, adormeceram! Frequentar o berçário é mesmo cansativo!

E se eu pensasse que o Daniel por não ter almoçado ia querer lanchar mais cedo, estava enganada! Só mamou à hora em que era suposto, e nada de birras entretanto! Eu sei... Ele tem reservas, pode dar-se a estes luxos de rejeitar a sopa de vez em quando!

Sem comentários: