Ultimo dia

Hoje, ultimo dia do ano, descobri que a minha filha também adormece quase instantaneamente se a deitarmos na nossa cama, no meio dos dois. Acordou ás 9h, dormiu mais meia hora e mamou. Voltei a deita-la e dormimos os três até ás 11h30! O pai foi acordar o irmão, que ainda dormia, para mamar, enquanto ela continuou a dormir pacificamente ao meu lado. Dormiu até ás 13h e almoçou 2 conchas de sopa e 2 pêras! Sem grande choro! O irmão comeu 1 concha de sopa e 1 pêra.. Mais coisa menos coisa... Mas como também se portou melhor fiquei contente! Vamos despedir-nos do ano cá em casa, num jantarinho caseiro mas suficiente gourmet para fazer jus à data!

2012 foi um ano cheio. Começámos o ano com um fim de semana em Sagres, para a despedida da vida a dois. Em Março deixei de trabalhar, e comecei o blog. Passei o Maio todo sem sair de casa, em repouso absoluto. Em Junho tive ordem para começar a sair, embora com alguma calma e eis que os meus filhos vieram ao mundo 7 semanas antes do tempo.

Nasceram, estiveram 2 longas semanas internados, e vieram para casa. Entretanto eu lá me recuperei de um parto eutócico e de uma cesariana dolorosa.

Sempre se portaram bem e foram fáceis de tratar. Não digo que não dão muito trabalho porque é mentira, mas dão um trabalho que se faz bem.

A saúde tem estado do nosso lado, e tirando as habituais gripes de inverno e as pontuais gastroenterites, de nada nos podemos queixar.

A crise agravou o estado económico das famílias Portuguesas. Nós por cá duplicámos o agregado familiar enquanto nos diminuíram os vencimentos e aumentaram o preço dos bens essenciais.

O ano chega ao fim! Aquele que foi o ano mais importante da minha vida, termina hoje! Se entro em 2013 com espirito positivo? Sinceramente nem por isso! Temo pelo que este novo ano nos traz, temo que deixemos cada vez mais de viver para passarmos a sobreviver, pelos nossos empregos, pela nossa capacidade de fazer face ás despesas. Mas ao mesmo tempo, esqueço cada preocupação com um sorriso de um dos meus filhos, com cada beijo, cada abraço, cada miminho que me dão e lhes dou a eles. Com o amor que me une ao meu marido. Com a nossa família. Com os amigos queridos que temos. E acima de tudo... Com a saúde que temos tido a sorte de ter e que espero podermos continuar a ter! Porque isso sim é a maior dadiva que podemos ter na vida!

Por isso a todos vós, desejo que para 2013, tenham muita saudínha, porque o resto... O resto meus amigos, de uma maneira ou de outra, com mais dificuldade ou com menos dificuldade, lá se vai arranjando!

Um excelente 2013 para todos!

2 comentários:

Mr. A disse...

Um excelente ano novo, para vocês também! Cheio de esperança, de amor e família!!!

Dondoca, Fada do Lar e Mãe de Gémeos disse...

Obrigada meu querido! Um beijo para cada um!😉