De pequenino... a gordinho e com refegos!

A fotografia da esquerda é a primeira fotografia que existe do Daniel! Ficou cheio de tubos nessa noite porque era mujito pequenino e era preciso ver como se comportavam os seus pulmões! Na manhã seguinte já não tinha a maioria deles, mas era tão pequenino que quase não podia sair da encubadora. Agora cresceu tanto que já quase me parece impossivel recordar como era pequeno e frágil à 6 meses atrás! O tempo passou a voar!

2 comentários:

Carla Oliveira disse...

Pequenino...mas tão perfeito!! <3

Dondoca, Fada do Lar e Mãe de Gémeos disse...

Pois é! Foi das primeiras coisas que vi neles foi que eram tão perfeitinhos :)