#28 Gravidez Gemelar | Dia de lágrimas

Há dias melhores, outros piores... Hoje tem sido dia de lágrimas. Teimam em cair pela cara abaixo... A toda a hora... Por algo que me dizem, por olhar uma foto, simplesmente por me sentir impotente para fazer mais...

Dizem-me constantemente que não posso estar assim, que tenho que ter noção do que o meu corpo passou com estes dois partos e que implicações tem a fragilidade em que ainda estou no meu lado emocional.. Racionalizar o problema certo? Mas eu sei disso... O pior é por em pratica! Sempre fui racional demais... E agora só consigo ver o meu lado emocional...

Hoje tomei banho, foi difícil pois a meio as forças falharam.. Mas lá consegui! A ajuda preciosa do marido esteve lá como sempre! No banho, nas massagens nos pés e pernas para tentar minorar os pés de elefante com que estou... Em tudo... Como sempre! Custou mesmo foi vê-lo ir embora... Cada dia custa mais... Queria que ficássemos os dois com os nossos bebes...

Hoje também recebi visitas boas! A tia Tininha e o tio António, que sempre foram os tios mais próximos de mim. Os meus pais como sempre, e o meu irmão (padrinho da Carolina) que teve hoje a sua vez de conhecer os sobrinhos, e o Gabriel... Que se abraçou a mim, pôs a cabeça no meu ombro e ficou só assim... E que chorou quando se foi embora e me viu ficar... E que me deixou mais uma vez lavada em lagrimas!

Estou a tirar colostro com a bomba pois a ultima tentativa já deu frutos e cada um dos meus filhos tem uma seringa á cabeceira para ser administrada se chorarem de noite... quero mais para lhes levar amanhã!

... São tão lindos... Encostados na minha pele, dentro da minha camisa, aninhados, aconchegados... Não pode haver nada igual...

Hoje partilho o lusco fusco da janela do quarto. Ao fundo, o mar.. A minha tranquilidade... Pode ser que ajude e que esta mudança de quarto me faça acordar mais tranquila...

6 comentários:

Jota disse...

Sigo este blog desde o passado dia 19. Sou mãe de gémeos que fizeram 23 meses precisamente nesse dia 19 (ou seja, há 2 anos atrás estávamos quase com o mesmo tempo de gravidez que vocês).

Muito por causa deste paralelismo, e para tentar ajudar a passar estes «dias piores», quero dizer-vos que se lembrem-se muitas vezes de que vão ter tempo, muito tempo, para se amarem os quatro sozinhos. E se vai ser bom! O que importa é que isso aconteça quando todos estiverem bem, sem precipitações.

E acho que chorar assim e sermos só emoções faz parte do pós-parto, e faz bem! Diria que é o corpo e a alma a ganharem forças para a próxima etapa.

Muitos parabéns pelo nascimento dos pequenotes!
Que tudo corra bem. Força e bons ânimos!

Patrícia Nunes disse...

Compreendo o que estás a passar, mas tens que dar tempo ao tempo.
O teu organismo passou por um processo complicado, mas sei vais ultrapassar tudo tendo o apoio e carinho da tua família.
Vai olhando para o mar para relaxar e ganhares forças para ficares boa e ires com os bebés o mais cedo para casa.
Chorar nunca fez mal, agora é só lágrimas de alegria.
Se precisares de alguma coisa, já sabes que estás à vontade.
Bjokas

Carraça disse...

Amiga, o pós-parto traz um misto de emoções muito grande e as lagrimas são uma constante, seja de alegria ou de alguma nostalgia. O mais importante é recuperares e os teus bebés ficarem mais fortes para daqui a nada estarem todos juntos, tranquilos na vossa casa a viverem momentos mágicos, inesquecíveis e de muito amor.

Bjs grandes e descansa

Lena Santos disse...

Força Princesa , onde é que está a Sara Super Mulher!!!! Ah é verdade agora já és MÃE... Pois é linda, muda tudo, a nossa vida passa a ser a deles e nunca mais somos aquelas Super Mulheres que achamos que pudemos mudar o Mundo. Mas mudamos para muito melhor, como tu mesmo admites é doloroso, mas é uma fase que vai passar rápido e que quando os tiveres em casa naqueles berços lindos já nem te vais lembrar....
Beijos Grandes de uma Mãe a quem hoje com esse discurso também já fizeste correr as lágrimas... Lena

Full-time Mom disse...

Os pós-partos são assim, para umas mais complicados para outras mais fáceis... É normal tudo o que sentes, pelo que passaste e pelas alterações hormonais que o nosso corpo sofre nesta fase. Desejo-te uma rápida recuperação e aos teus bebés também, para que possam estar todos juntos e cheios de força tão rápido quanto desejas! Um beijinho e ânimo!

Carla disse...

Pois eu chorava todos os dias.
Não fui capaz de ser melhor, de ser mais forte.
Custou muito...mas já passou! E agora cada dia que passa é melhor!